A VIDA NÃO CHEGA.

(Viviane)

Dois lírios sobre a mesa
Uma janela aberta sobre o mar
Trago em mim a certeza
De quem espera p´lo teu voltar

Um cheirinho a café
Fotografias caídas pelo chão
E no ar uma canção
Traz-me uma recordação

Tenho um poema escrito
Guardado num lugar perto do mar
Tenho o olhar no infinito

E suspiro devagar

O tempo aqui parou
Desde que te foste embora
Só a saudade ficou
já não aguento tanta demora

Tenho tanto por dizer
Tanto por te contar
Que a vida não chega
Tenho o céu e tenho o mar
E tanto para te dar
Que a vida não chega

Tenho tanto por dizer
Tanto por te contar
Que a vida não chega
Tenho o céu e tenho o mar
E sei que vou te amar
Para a eternidade…


por Ticcia, às 22:36 de 15.11.2005 - Categoria: Apoplexia Poética

Gláucia comentou:

Ai que coisa mais linda!!!!
Quem é Viviane?
às 23:55 de 15.11.2005
ver tabela de smileys: aqui
Este post não permite comentários