12.09.2005

Enquanto isso, em Fred West....

Djo cheguei a conclusão que existe uma compensação por estar na repartição em horários alternativos: o resto do povo foi todo embora. É a libertação! Se consegue trabalhar ouvindo a banda de rock que tem o guitarrista mais gostoso do mundo.
Amém.
por Ro, às 19:36 de 12.09.2005 - Categoria: Boca no Trombone
Ver Comentários

As Mulheres e o Churrasco

Atenção: este post foi feito para os bofes que costumam frequentar este covil...


1. Pescoço
2. Acém
3. Peito
4. Braço/Paleta
5. Vazio/Fraldinha
6. Ponta de Agulha
7. Filet Mignon
8. Filé de costela
9. Contrafilé ou Filé de Lombo
10. Capa de Filé
11. Alcatra
12. Patinho
13. Coxão Duro
14. Coxão Mole
15. Lagarto
16. Músculo (dianteiro)
17. Músculo (traseiro)
18. Aba de Filé (vazio)
19. Maminha
20. Picanha
21. Cupim

Estas são as partes do boi. É possível comer cada uma delas, mas o seu prazer na degustação será consideravelmente maior se você observar e respeitar as características naturais de cada pedaço de carne. Nem todas ficam gostosas para aquele banquete carnívoro de final de semana conhecido como Churrasco.

Para ajudá-lo, nós preparamos uma pequena explicação/descrição das princípais espécies de carne disponíveis em qualquer frigorífico especializado. Escolha a mais adequada ao seu bolso/paladar/dotes culinários, vá as compras e bom apetite!

11. Mulher-Alcatra: uma das mais versáteis. Tem fibras curtas e é mais macia que a colxão-mole. A Mulher-Alcatra é aquela que nunca deixa você na mão, é gentil com a sua mãe, parceira com seus amigos, carinhosa com os filhos, fogosa na cama e discreta na mesa. Na verdade, contém várias mulheres dentro de si: a picanha, a maminha, a baby beef. Mas para obter toda essa versatilidade e sabor, o correto preparo (cortar contra as fibras) é fundamentel, caso contrário, você perderá muito da macies. Entendeu, né!?

20. Mulher-Picanha: "o filet mignon do churrasco". É a mulher símbolo de todos os machos e, por ser uma das mais macias, é difícil errar seu preparo. A Mulher-Picanha desfila tranquilamente na construção da esquina, na padaria do bairro, no cinema movimentado. Tem carne em abundancia e até mesmo os menos experientes sabem, institivamente, que aquelas gordurinhas laterais são o segredo da macies e sabor acentuado da carne. Quem já comeu garante: satisfaz e não embucha!

14. Mulher-Coxão-Mole: também conhecida como Mulher-Colxão de Dentro, Mulher-Polpa ou simplemente Polpão. Suas fibras são curtas, possivelmente devido a falta de musculação, o que a torna um pouquinho flácida. Sinônimo de carne para bife por muitos anos, a Mulher-Coxão-Mole tem sido insistentemente cortada de maneira errada, em sentido transversal às fibras. Essa falha faz com que seu bife seja servido mais duro do que realmente é, dando uma falsa sensação de rigidez. Mas é ótima para assados, escalopes e milanesas.

15. Mulher-Lagarto: a Lagarto é o primeiro corte de carne do coxão e tem duas particularidades que pouco a recomendam: não é saborosa nem suculenta para churrasco. É apenas redonda, alongada e bem definida, e esse tem sido o seu principal atributo. A Mulher-Lagarto é aquela que acompanha grandes jantares ou ocasiões especiais com desenvoltura, mas sua excessiva demonstração de cultura a torna enfadonha. Dificilmente alguém consegue comê-la todos os dias. É muito usada para fazer carpaccio.

12. Mulher-Patinho: em vários países ela é conhecida com noz: Donna-Noce, na Itália, Femme-Noix, na França, e Dío, na Hungria. É macia, mas não tanto quando a Mulher-Picanha. Cortada em fatias transforma-se em um dos melhores escalopes que se pode conseguir.

13. Mulher-Coxão-Duro: corte de carne também chamado de "Mulher-Chã-de-fora". É um músculo grande, com fibras mais longas e rijas, com pouca gordura concentrada na parte externa. A Mulher-Coxão-Duro costuma ser encontrada nas academias, mas não permite fácil aproximação: criteriosa, faz jogo duro e normalmente prefere os Homens-Rãs. Exige cozimento lento, sendo ideial para ensopados, caldos e moída em molhos e refogados.

07. Mulher-Filet-Mignon: é a mulher mais macia e também a mais cara. De sabor adocicado (menos que a alcatra e a maminha) é suculenta e tem pouca gordura. Possui gosto aprimorado e elegância natural, tem o dom de combinar cores, padrões e acessórios, especialmente homens, os quais usa com estilo e glamour. Costuma ser servida em assados, picadinhos ou escalopes. Mas se o que você gosta é mesmo de um bom e suculento churrasco, esta não é a mulher mais apropriada, salvo se servida em espetinhos, o que determina perda sensível de qualidade e sabor.

19. Mulher-Maminha: também conhecida como Ponta da Alcatra, é a parte mais macia da alcatra. Suculenta e de sabor suave, é altamente aconselhável para churrasco, assados ou na grelha, pois tem maior quantidade de gordura. A Mulher-Maminha fica melhor de comer quando combinada com farofa, que retira parte da gordura e não retira o sabor. Deve ser cortada contra as fibras para acentuar a maciez.

05. Mulher-Vazio: conhecida como Mulher-Fraudinha. É muito saborosa e uma das melhores carnes para churrasco. As fraudinhas grandes e com gordura indicam que provém de um animal de boa qualidade, mas a gordura deve ser retirada na hora de servir e cortada em pedaços grossos. Entenda: você precisa fatiar e se dedicar calmamente a degustar cada pedaço se quiser devorá-la por inteiro.

09. Mulher-Contrafilé: macia e de sabor acentuado, possui uma camada de gordura na lateral que mantém sua umidade. Contudo, deve-se evitar os primeiros 6 a 7 centímetros do corte, pois tem um nervo que atravessa a carne quase paralelamente a gordura, somente visível quando se estiver fatiando. Mas a Mulher-Contrafilé fica bem mais saborasa quando ingerida com molho de mostarda.

08. Mulher-Costela: é o corte com maior variedade de sabores, texturas e aromas, mas exige um tempo mais longo de cozimento para amaciar suas fibras. Devido a sua aparência pouco convidativa, é aquela que numa primeira olhada você não pagaria um vintém. Contudo, se você esperar calmamente ela abrir a boca e despejar todo seu conteúdo diversificado, a Mulher-Costela se torna uma das mais interessantes fêmeas disponíveis no mercado. Ideal para churrasco ou cozimento com legumes. Lembre-se: carnes preparadas com osso tem sempre um sabor especial.

21. Mulher-Cupim: a famosa Mulher-Chuleta. É formada por um conjunto de fibras musculares entremeadas de gordura, situadas logo após o pescoço de bovinos de raça ou zebuínos. Ou seja, a Mulher-Chuleta só serve aqueles de paladar refinado, não necessariamente de bolso recheado. Tem sabor carascterístico e agradável, devendo sempre ser cozida lentamente. Muito utilizada em churrasco mas pode ser assada ou enrolada em várias camadas de celofane para ser cozida em seu próprio sumo.

por Ro, às 16:21 de 12.09.2005 - Categoria: Crônicas Cretinas
Ver Comentários

Da Série CORRESPONDÊNCIA SECRETA: diálagos impertinentes

De: Faelinha
Para: Betinha
Assunto: Conversas - teste

Oi, mana retardada.

(Dois dias depois...)

De: Betinha
Para: Faelinha
Assunto: RE Conversas - teste

Oi, mana esperta.
Que liiinda, já sabe enviar e-mail!


por Ro, às 13:25 de 12.09.2005 - Categoria: Correspondência Secreta
Ver Comentários

Te liga, aí, véi...

Achei o apartamento.
Documentação entregue.
Tá vendo, né, papai-do-céu!

por Ro, às 11:58 de 12.09.2005 - Categoria: Informes Infames
Ver Comentários

RETRATO DE UMA MULHER ABANDONADA



por Ro, às 10:15 de 12.09.2005 - Categoria: Fatos e Fotas
Ver Comentários

Happy Birthday



HAPPY BIRTHDAY TO YOU
HAPPY BIRTHDAY TO YOU
HAPPY BIRTHDAY Mariucha
HAPPY BIRTHDAY TO YOU


Ela é virgem, meu povo! Bóra saudar nossa mocinha inocente...
por Ro, às 09:25 de 12.09.2005 - Categoria: Aniversariantes
Ver Comentários