25.01.2005

Manual Prático para Bofes Bem

Capítulo VI - Etiqueta sexual (continuação - 3ª parte)

Preliminares – Não embarque nessa de que as preliminares são unanimidade nacional. Sim, a grande maioria das moças gosta muito, muitíssimo, mas mesmo essas confessam que a partir de um determinado momento, por melhores que seja e esteja o prefácio, têm aflição. Portanto, aprenda a perceber se está agradando. Muito quietinha, muito imóvel: não bom. Isso se aplica não só à duração das preliminares, como também à qualidade delas.

A empurradinha básica – Jamais dê aquela empurradinha básica na cabeça da moça em direção ao nosso amigo. Se ela estiver a fim de fazer sexo oral, fará. Se não estiver a fim, não fará. Se você forçar a barra (e a cabeça da moça) o máximo que vai conseguir é má vontade.

Vias alternativas – É isso que você quer? Há as que apreciam, há as que não apreciam. Certo é que quanto maiores forem a sua delicadeza e sua habilidade, maiores são as suas chances. Forçar a entrada, definitivamente, não é uma boa política. Assim, na marra, vai ser a primeira e única vez, querido. Já se você estimular, fizer carinho, deixar ela bem à vontade, for cuidadoso e mostrar que pode ser muito, muito delicado, suas possibilidades aumentam consideravelmente.

Brinquedinhos – Não dê uma de quadrado, careta e desinformado e não implique com os brinquedinhos dela. Se a sua querida tem vibrador e diversos acessórios, já é um ótimo sinal. Não entre numas de “eu deveria bastar” e coisas chauvinistas desse tipo. Aproveite. Eles estão lá para somar, não para substituir.

por Ticcia, às 16:36 de 25.01.2005 - Categoria: MPB2
Ver Comentários

Todo mundo sai do cinema em síncope...

A escultura humana te manda não ver. Eu digo, vá.

Esses dois queridos não querem ninguém perto demais. Mas tudo bem, eu quero.

O lindinho ainda conseguiu encontrar certezas. Eu não, ainda.

A elegância em forma de mulher sugere que você vá sozinho, caso a relação não esteja lá essas coisas. Eu sugiro que daí sim, vá com ele.
por Ro, às 13:59 de 25.01.2005 - Categoria: Dicas Divinas
Ver Comentários

LOVE YOU, BEIBE


Cinema Paradiso

Lindas, mas lindas mesmo, são declarações de amor. Não estas, de poesia, de eloqüência e pirotecnia, não essas de versos pungentes e efeitos especiais, frases feitas, receita instantânea como pão de queijo comprado em saco, que adicionamos água e plóft, estão prontos. Declarações de amor verdadeiramente belas são as que não são chamadas como tal, são percebidas com os cinco sentidos, mas não vêm com sujeito, verbo, predicado, não podem ser publicadas em livro, não podem ser declamadas em sarau, não tem selo de procedência, denominação de origem controlada e podem até ser confundidas com gentileza, carinho, dedicação até porque, tratam-se disso mesmo. Uma banheira quente preparada com carinho com a espuma preferida que nos espera depois de um dia exaustivo. A torta que a gente mais gosta, numa terça-feira cinzenta. Rosas compradas na rua, embrulhadas em jornal. Um texto publicado que traz nas entrelinhas um carinho insuspeito. A frase lembrada e repetida que você nem sabia que disse. Deitar do seu lado da cama, para deixar seu lugar quentinho. A preocupação desmedida por causa daquela gripe que nem era tão séria assim. Um abraço que não termina no dia que deu tudo errado.

É muito gostoso ouvir Eu te amo, mas não há nada melhor que receber uma declaração de amor.

por Ticcia, às 11:41 de 25.01.2005 - Categoria: Crônicas Cretinas
Ver Comentários

PAGANDO O PATO

Vai lá conhecer o Horácio e ver se esta mulé não é mesmo o máximo.

por Ticcia, às 10:51 de 25.01.2005 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

Da Série CORRESPONDÊNCIA SECRETA - PARTE II

E a bicha manda e-mail com a seguinte frase (posso até imaginar a cara da desqualificada dando risada...):

"Mulher coloca piercing, faz tatuagem, opta por parto normal, lipoescultura, aplica botox na cara, depila com pinça ou com uma tal de cera quente (quase fervendo), faz aeróbica, yoga e abdominal e diz que não quer dar o CU por que dói???"

por Ro, às 10:18 de 25.01.2005 - Categoria: Correspondência Secreta
Ver Comentários

Da Série CORRESPONDÊNCIA SECRETA

INTRÓITO

Essa conversa durou uma tarde inteira. Cada frase foi escrita depois de vários minutos em silêncio. Ele, no meio dos livros e provas e escritos e correções. Eu, no meio de contra-razões e apelações e telefonemas chatíssimos e advogados impertinentes e o Jesus.

O encontro é mais uma dessas coisas estupendas que acontecem pela net e que é difícil explicar racionamente.

Papai-do-céu, obrigada por colocá-lo no meu caminho.

************************

Ro diz:
I can't take my eyes off of you

Ro diz:
só de ódio vou sair e comer um doce, bem grande

Alex diz:
ai, q tudo! faz bem!

Ro diz:
claro, depois ninguém quer me comer pq eu to pançuda. mas tudo bem...
[clique aqui para ler o texto na íntegra]
por Ro, às 09:50 de 25.01.2005 - Categoria: Correspondência Secreta
Ver Comentários

Aumenta o extermínio de animais na Capital

No primeiro semestre de 2004, o sacrifício de cães e gatos cresceu 42% em relação ao período anterior (Jornal Zero Hora, 25/01/2005)

A cada duas horas, um gato ou um cachorro é exterminado pela prefeitura de Porto Alegre. A média de 12 animais mortos por dia no primeiro semestre de 2004 revela um aumento de 42% em relação ao ano anterior e descontenta as entidades de defesa dos animais.

Elas reclamam que as esterilizações, consideradas o método ideal de controle da população animal, subiram só 28% no mesmo período. Em média, são realizadas cinco cirurgias a cada dois dias.

- Somos contra o extermínio. A castração em massa é a forma de solucionar o problema dos animais de rua - diz a coordenadora da ONG Luz Animal, Zelia Cardoso.

- O telefone do Canil Municipal é (51) 446-8500.

[clique aqui para ler o texto na íntegra]
por Ticcia, às 09:33 de 25.01.2005 - Categoria: Geral
Ver Comentários