31.12.2004

FELIZ ANO NOVO

Meu povo, que 2005 não nos dê nada de mão beijada, mas nos traga coragem e saúde para fazer as coisas boas acontecerem. Que não nos poupe de infelicidades e contratempos, mas nos dê forças para suportá-los e aprender com eles. E sobretudo, que saibamos aproveitar as 365 novas oportunidades de ser melhores que ele vai nos oferecer.

"Feliz Ano Novo aos que tiveram perdas no ano velho e ainda assim recolhem pedras em suas aljavas. Aos colecionadores de afetos que jamais permitem que suas lagartas se transmutem em borboletas. Aos cínicos repletos de palavras sem raízes no coração.

Feliz Ano Novo às bordadeiras de emoções, que gastam a vida desfiando intrigas e agulhando a boa fama alheia. Aos céticos desprovidos de horizontes e aos que debruçam sobre a própria solidão para contemplar abismos. Aos ressuscitadores de desgraças, aos que se escondem em seus sapatos e aos idólatras que cultuam os poderosos.


[clique aqui para ler o texto na íntegra]
por Ticcia, às 09:24 de 31.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

30.12.2004

DE MÃOS DADAS

O ano de dois mil e quatro chega ao fim com gosto de fim. Não, este ano não voou, não passou despercebido, não correu. Mostrou a rudeza e a força do tempo, em cada dia passado no calendário, com a intensidade do cinzel que desbasta a pedra para transformá-la.

Foi um ano de tanto em todos os sentidos (sensoriais e conotativos), de transbordamentos, de taças cheias (inclusive as amargas). Foi um ano de andar descalça, de provar sutilezas e de me apoderar das abundâncias. Foi um ano de lágrimas que vieram depois de sorrisos rasgados, paridos com fúria, de choro alto como criança, de achar meus caminhos, reconhecer minhas pegadas, descobrir umas trilhas que eu não me julgava capaz de fazer. Foi um ano de desmascarar a mim e aos outros, de ver o quanto de mim eu queria encontrar naquilo que não era eu e também de enxergar que eu estava bem aqui, debaixo do meu nariz e para fazer de mim o que bem me aprouvesse.

O ano termina com a exaustão de ter sido exaurido, consumado, usado e abusado, mastigado, engolido. É assim depois que nos entregamos sem medo, sem reserva e temos que aceitar devolução. Ninguém aprende incólume qual é sua própria medida, e ninguém aprende fácil a gostar dela, ainda mais quando a gente passa a não caber em qualquer cantinho, nem agradar a todo mundo.

Um grande beijo àqueles que me abriram os braços e abrigaram um muito de mim dentro de si, que deram guarida às minhas palavras, pretensas traduções dos meus sentimentos e riram os risos rasgados, vibraram as improváveis desmesuras e calaram lágrimas nas entrelinhas.

A todos vocês, anônimos, calados, incógnitos, assíduos leitores, comentaristas diários, amigos, obrigada por me fazerem tão bem ao andarem de mãos dadas comigo.

por Ticcia, às 14:12 de 30.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

Hoje, no FOCANDO


Imagem de Cris Carriconde

CURTA EM 8 mm

Um dia ele acorda e finalmente enxerga a sua vida em 8mm, preto e branco. Toma café e percebe que tudo ali tem gosto de sobra, de vencido, de velho. O papel de parede que deveria ser decorado de flores, na verdade tem bolor; as portas estão carcomidas, infestadas de culpa; o telhado tem goteiras e grandes morcegos moram no sótão. Ele ouve as baratas esfregarem suas patas dentro da gaveta dos talheres de prata e o tecer das novas teias que se estendem pelo teto. No espelho, suas rugas lhe fazem pouco caso e lhe cospem na cara anos mastigados. Ele sabe que é hoje ou nunca mais e, a despeito dos rumores e desídias, dos comentários incrédulos dos móveis e do casaco que se nega a vir junto, sai pela porta e deixa a covardia amordaçada no banheiro. Continua aqui

por Ticcia, às 09:09 de 30.12.2004 - Categoria: Estórias da Carrocinha
Ver Comentários

29.12.2004

ATENÇÃO, POVO!

O MM's está sofrendo ataques de Spam pelos comentários. Já contatamos a nossa Megera Madrinha e ela está solucionando o problema.

Por enquanto, os comentários estão desabilitados. Aceitamos e-mails (links à esquerda - Ticcia - Ro) de bom grado, já que a gente fica doente sem saber nadica de vocês.

Se o MM's ficar fora do ar uns minutos, é por razões técnicas. Respirem fundo e mantenham a calma. Não há motivos para pânico. Beijos.

por Ticcia, às 16:17 de 29.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

Plagiando descaradamente a Fal, MURAL DE RECADOS...

A criatura está indo sozinha pro estrangeiro passar o ano novo. Tímida, fala pouco, tem imensa dificuldade de comunicação...

Adorei absolutamente todas as manifestações de carinho dos leitores algarientos. Vocês estão me deixando mimada. E aturar uma Megera não é fácil, Mimada então... mas continuamos no esquema MMs.

Beijo a todos os que deixaram comentários fenomenais de feliz ano novo (imaginem todos os nominhos aqui...), a todos que mandaram e-mails (Teto, Iara, Ique, Marcelo, Susana, Carol, Lucas – também estou sentindo tua falta, meu lindo...); ao Alex de BSB, que me ligou no natal pedindo desculpas por descobrir o número do celular (adoro um bofe metido a investigador!); ao Calexico que além de inteligente e bem humorado é gostoso; as minhas colegas bagaceiras que são lindas, bem resolvidas e chiquérrimas; ao Chicão e suas princesas de contos de fada, que me mandaram um cartão lindo, lindo, lindo; ao Marcelo que mandou presente de natal (que eu ainda não vi mas sei que vou adorar); a todos os queridos que mandaram screps no orkut (Cris, Claudinha, mimosa da tia...); a Leila, que é fantástica e sensível e perspicaz (eu amei o e-mail), a Solinezza, mãe das minhas futuras crias, que está bem linda torrando todo o salário nos camelôs do morro do Vidigal, ao Erni (sim, eu também te odeio!)... muitos, muitos beijos.

Desejo também que as testemunhas silenciosas tenham um final de ano espetacular e que continuem com a gente em 2005, bem quietinhas do jeito que gostam!

Meu aguardado vôo rumo ao divertimento é daqui a pouco. Mas deixo vocês em boas e macias mãos. Tomem conta da dona Patrícia. Mandem ela escovar os dentes todos os dias, fazer xixi antes de dormir, não aceitar doces de estranhos, não dar assunto ao caixa do supermercado, não beber em demasia que engorda, principalmente do copo alheio!

Se cuidem e fiquem com Deus. Até a volta!
por Ro, às 14:28 de 29.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

BLOG DE PAPEL

Fiquei muito, muito, muito feliz. E nervosa, cada vez mais nervosa.

Agora ela também está no time.

Já pensou euzinha, no meio dessa gente maravilhosa toda? Muita água de melissa e cara-de-pau nessa hora.

por Ticcia, às 11:41 de 29.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

FAZ BEM PARA A PELE

Estava lendo uma reportagem sobre como as emoções podem afetar a pele.

Coisa mais óbvia do mundo. Quem é que não sabe que quanto mais triste, mais feia a gente fica e que alegria faz bem para a cútis? O que me deixou intrigada foi ler que precisamos “domar as emoções”.

Eu não sei vocês, mas as minhas emoções não são para serem contidas, nem educadas, nem alfabetizadas, nem civilizadas, muito menos domadas. Acho que é exatamente isso que faz a gente adoecer, essa idéia de que temos que controlar as emoções. Eu discordo totalmente disso. Emoções são para serem compreendidas, entendidas, esmiuçadas pois nos dão um indicativo seguro de quem a gente realmente é.

Parar para pensar sobre algo e concluir como determinada coisa nos afeta (ou não afeta) é uma coisa; sentir a influência dessa mesma coisa em nossos sentidos, sentimentos e emoções é bem outra. As emoções nos dão contato imediato com a realidade, ao contrário da razão que mediatiza a verdade.

Claro que ao sentir raiva de alguém você não vai ir até lá e esbofetear o cidadão ou ofender a mãe do indivíduo, porque afinal, se conter dá psoríase, mas entender essa raiva vai lhe falar muito mais sobre você mesmo do que você possa imaginar. Por que o que ele disse me deixou tão puta? É uma escabrosa mentira ou há um bom tanto de verdade indigesta? Ele me lembra alguém? Eu queria ter dito o que ele disse e não tive coragem?

Assim também com o amor, a paixão, a alegria. De tanto conter o estado de felicidade saltitante, a gente desaprende a ser feliz, mata a(o) menina(o) de dentro, não entende mais como tem gente que ainda toma banho de chuva, não sabe mais gargalhar, se incomoda com abraço e, claro, fica com rugas muito mais cedo.

por Ticcia, às 09:39 de 29.12.2004 - Categoria: Crônicas Cretinas
Ver Comentários

28.12.2004

Enquanto isso, na Sala da Justiça...

Depois de descobrir a origem e como nasceu o MTS – Movimento dos Trabalhadores Sem Terra – atuando nos processos aqui de Fred West, tenho certeza de que ontem foi um dos dias memoráveis da minha carreira. O dia em que foi formalizado acordo para pagamento da indenização aos colonos que perderam suas terras em favor dos índios, na região de Planalto; fato que deu origem ao MST, em 1979.

Esses agricultores ingressaram com pedido judicial de indenização há mais de 10 anos. Nem sentença tem ainda. O esforço conjunto dos colonos, dos sindicatos e do Estado garantiu o acordo com a liberação dos valores, a serem pagos de forma administrativa, no início de 2005.

Durante dias eu fiquei com a consciência atormentada: pessoas sem instrução firmariam acordo para receber valores bem abaixo dos que receberiam em caso de procedência da demanda, mas mesmo assim eu estava feliz. Daí me perguntava se tinha sido coptada pelo "sistema".

Mas ontem, enquanto eu os chamava um a um para assinar o acordo, e os nomes nos Memoriais iam ganhando rosto e forma e rugas e mãos calejadas e braços vacilantes, a sensação de paz invadia minha alma. Eles estão velhos, abundantemente velhos. Muitos não enxergam mais. A maioria está doente. Josefina não tem mobilidade na mão para firmar o polegar. Nelson precisa de alguns minutos para postar sua trêmula assinatura no papel timbrado. Nenhum deles teria condições de esperar mais 10 anos de discussão judicial até inscrever seu crédito em Precatório, e não receber nunca.

Ontem, foi só o início. Ainda faltam muitos a indenizar, mas pelo menos 29 famílias vão esperar o próximo ano com esperança. E eu estou feliz.
por Ro, às 17:18 de 28.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

2005

Daí você pergunta ao I Ching o que virá em 2005 e ele responde:

49 - A REVOLUÇÃO


Eita. Como diria Megera-Mãe, "na cabeça que é pra não marcar".

Apertem os cintos.

Hilda, caminha já colocá o capacete!

por Ticcia, às 17:04 de 28.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

Da série SE PREPARANDO PARA O REVEILLÓN - BEBENDO ESTRELAS



No Brasil não se fabrica champagne propriamente dito. Champagne é uma appellation d'origine contrôlée (denominação de origem controlada - DOC): é o certificado de origem do vinho e só pode ser feito com uvas Chardonnay (branca), Pinot Noir e Pinot Meunier (tintas) da região do Champagne, na França.

No Brasil nós fabricamos espumantes e em sua composição são usadas vários tipos de uvas. Ainda assim, a gente chama tudo de champagne.

O champagne (espumantes também) nasce como o vinho comum, pela fermentação do mosto da uva com leveduras. Com o vinho já pronto, é adicionada uma mistura chamada liqueur de tirage, que é açúcar e mais leveduras e que fermentará novamente o vinho, produzindo o gás carbônico (as populares bolhas). I

sso pode acontecer pelo método champenoise (fermentação dentro da garrafa, como a Veuve Clicquot ou a Miolo, por exemplo) ou pelo método charmat (fermentação dentro de tanques de aço inoxidável, como a M.Chandon).

Depois da fermentação definitiva, é acrescentado ao espumante o Liqueur d'expédition, que é uma mistura de açúcar, vinho e, eventualmente, destilado de vinho. A quantidade deste preparado determinará se o espumante será Extra brut, Brut, Demi-sec ou Doux (Suave).

A temperatura do espumante deve estar em torno dos 8ºC, podendo chegar a 10ºC. Para os grandes champagnes safrados pode chegar a 14ºC. Para isso, bastam cerca de 20 a 30 minutos num balde com água e gelo ou três horas de refrigerador.

Não coloque seu champagne no freezer (a rolha vai congelar e vão se formar cristais no interior da garrafa, comprometendo a qualidade da bebida).

As taças recomendadas são as "flutes" de cristal, porque mantêm as bolhas por mais tempo. Por falar em bolhas, elas são um importante indicativo da qualidade do champagne. Quanto menores, mais rápidas e mais persistentes, melhor. Também não abra a garrafa com estouro de rolha, muito menos chacoalhe. Abra com o maior carinho, evitando ao máximo um escape brusco de pressão.

Santé!

(Alguns dados retirados do artigo de Patrick de Neufville/Revista Menu)
por Ticcia, às 14:07 de 28.12.2004 - Categoria: Dicas Divinas
Ver Comentários

Meu Papai Noel sou Eu

Natal sem panetone, sem fios de ovos, sem refrigerantes, sem avelãs, sem chocolates.
Natal com meia taça de champagne, muita água sem gás, vários pratos de saladas e dançando horrores.

Leia-se: dedicação total ao Projeto ROSA CHÁ, que vai de vento em popa. Prévia de lançamento neste réveillon, em Punta Del Este.

A Megera abrandou o peso para 48,60kg, às 21:42hs de ontem. Detalhe sórdido: de tênis, malha de ginástica e vertendo umidade.

Ho ho ho ho ho!
por Ro, às 12:19 de 28.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

27.12.2004

IMAGENS DE NATAL


Ticcia toda faceira esperando os presentes.

Milena é o orgulho da Dinda. Ela não é linda?


Vô Paulo e Vó Nininha no maior love natalino

Ti e Paulinha, ainda comemorando o Natal
(esse ano versão kerb)


Megero Pai e Megera Mãe, versão Natal em Satolep

Ticcia com Megero Vô e Megera Vó


por Ticcia, às 23:04 de 27.12.2004 - Categoria: Fatos e Fotas
Ver Comentários

TIP'S NATALINOS DA TICCIA

Vô Paulo e Vó Nininha se beijando na boca na frente das crianças (de 21 a 54). Tenho fotas para provar.

*********************

Tio Sérgio, pra lá de Marrakesh, olhando para a garrafa sobre a mesa e dizendo: "-Esse vinho é bom ó, é extra-virgem!" Estava falando, como vocês podem concluir, do azeite de oliva.

*********************

O presépio da Vó Nininha com a manjedoura vazia. "-Vó, cadê o menino Jesus?" "-Ainda não nasceu. Só nasce à meia-noite."
Meia-noite em ponto, tava lá o menino. Eita.

*********************

A árvore de Natal é nova. O anjo de cabeça de isopor e corpo de feltro rosa do topo, continua o mesmo há 26 anos. É o que eu fiz na pré-escola.

*********************

Bem-casados da Ana Luísa. Pão-de-ló fofo, doce de ovos cremoso, glacê finíssimo e crocante.

*********************

Tio Sérgio, mais pra lá ainda de Marrakesh, derrama calda de doce no cabelo da Fátima sem querer. Ela, que pegou o mesmo trem do tio Sérgio rumo ao mesmo destino, acha muito engraçado usar laquê não recomendado para diabéticos.


por Ticcia, às 10:45 de 27.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

Da Série MOMENTOS QUE MARCARAM A SUA VIDA...

Canta, dança sem parar
Sobe, desce, como quiser
Sonha, vive como eu
Pula, grita, oh oh oh

Não segure muito teus instintos
Porque isto não é natural.
Saio sério falo a toda
Um grito forte quando quero gritar
É saudável, relaxante
Recupera e faz bem a cabeça.

Por isso canta, dança, grita oh oh oh...

Vai a frente, entra numa boa,
Porque a vida é uma festa.
Não controle, não domine,
Não modere, tudo isso faz muito mal.
Deixe que a mente se relaxe.
Faça o que mandar o coração.

Por isso canta, dança, grita oh oh oh...

Não se reprima, Não se reprima, Não se reprima.
Não se reprima, Não se reprima, pode gritar.
Não se reprima, Não se reprima, Não se reprima.
Dança, canta, sobe, desce, vive, corre, pula como eu.

Canta, dança sem parar
Sobe, desce, vamos descer
Sonha, vive como eu
Pula, grita, oh oh oh

Chega de fugir, de se esconder
E de deixar a vida pra depois.
Não pense demais, o mundo gira
O tempo corre, nada vai te esperar
Entre de cabeça nos teus sonhos,
Só assim você vai ser feliz.

Por isso canta, dança, grita oh oh oh...

Não se reprima, Não se reprima, Não se reprima.
Não se reprima, Não se reprima, pode gritar.
Não se reprima, Não se reprima, Não se reprima.
Não se reprima, Não se reprima, Não se reprima.
Não se reprima, Não se reprima, pode gritar.


O berço dos metrosexuais é Porto Rico.



O pioneirismo é uma virtude. Assim, Magrelas Malvadas faz Justiça com as mãos próprias: o Gugu é um visionário incompreendido, muito a frente de seu tempo! Mas nós reconhecemos!

Obrigada Gugu por esta insubstituível oportunidade de crescimento intelectual/libidinal.
por Ro, às 10:38 de 27.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

PRA ENCERRAR O ANO COM O PÉ DIREITO

O MM's está entre os blogs brasileiros do ano do AVIZ.

BAFO-BAFO-BAFO!
Tá bem pra você, bem?!


Francisco, obrigada pela lembrança. Uma das coisas deliciosas que o ano que se encerra me trouxe foi você e suas receitas poéticas. Tudo culpa da Eduarda, tua leitora e agora também minha amiga d'além mar. Um beijo, Eduarda.

por Ticcia, às 08:52 de 27.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

24.12.2004

Amores do meu coração,

É engraçado chamar de e sentir amor por pessoas que nunca vimos. Mas é exatamente o que ocorre: nunca vi a maioria de vocês, nem sei o nome da maioria de vocês - sim, a maioria dos visitantes desta casa não comenta - e amo a todos.

Assim como vocês foram aprendendo a distinguir as diferenças entre as Megeras, a perceber já no início do texto quem escreve; nós também aprendemos a conhecer vocês apenas pelos pequenos comentários de cada dia, e por vezes até esperamos um palpite daquele leitor específico naquele post específico. Chegamos a rir sozinhas em frente ao computador lendo o conselho do fulano, a confissão da beltrana, o bebê que não veio, e por aí vai. O que leva a simples constatação de que todo mundo aqui faz parte da vida de todo mundo e estamos felizes com isto.

Deixando de lado o papo espada, que hoje é dia de correria - e eu estou podre de atrasada, e a minha mãe vai comer o meu rim e eu não posso ficar sem um rim por que gasto uma pequena fortuna todas as semanas em massagens para que eles funcionem direitinho - vim rapidinho desejar FELIZ NATAL para todos vocês e para aqueles que vocês amam - sim, se vocês amam eu também amo, não importa quem seja: mas que seja gostoso, por favor não me decepcionem...

Evidentemente, é um FELIZ NATAL com a magnífica trilha sonora da Simone, ídola maior de toda uma geração...

Então bom nataaaaal
e o ano novo tambéééém
que seja feliz quemmmm
souber o que é o bemmmm...

por Ro, às 15:57 de 24.12.2004 - Categoria: Boca no Trombone
Ver Comentários

POEMA DO MENINO JESUS

Num meio-dia de fim de Primavera
Tive um sonho como uma fotografia.
Vi Jesus Cristo descer à terra.

Veio pela encosta de um monte
Tornado outra vez menino,
A correr e a rolar-se pela erva
E a arrancar flores para as deitar fora
E a rir de modo a ouvir-se de longe.

Tinha fugido do céu.
Era nosso demais para fingir
De segunda pessoa da Trindade.
No céu era tudo falso, tudo em desacordo
Com flores e árvores e pedras.
No céu tinha que estar sempre sério
E de vez em quando de se tornar outra vez homem
E subir para a cruz, e estar sempre a morrer
Com uma coroa toda à roda de espinhos
E os pés espetados por um prego com cabeça,
E até com um trapo a roda da cintura
Como os pretos nas ilustrações.
Nem sequer o deixavam ter pai e mãe
Como as outras crianças.
O seu pai era duas pessoas —
Um velho chamado José, que era carpinteiro,
E que não era pai dele;
E o outro pai era uma pomba estúpida,
A única pomba feia do mundo
Porque não era do mundo nem era pomba.
E a sua mãe não tinha amado antes de o ter.
Não era mulher: era uma mala
Em que ele tinha vindo do céu.
E queriam que ele, que só nascera da mãe,
E nunca tivera pai para amar com respeito,
Pregasse a bondade e a justiça!

Um dia que Deus estava a dormir
E o Espírito Santo andava a voar,
Ele foi à caixa dos milagres e roubou três.
Com o primeiro fez que ninguém soubesse que ele tinha fugido.
Com o segundo criou-se eternamente humano e menino.
Com o terceiro criou um Cristo eternamente na cruz

E deixou-o pregado na cruz que há no céu
E serve de modelo às outras.
Depois fugiu para o Sol
E desceu pelo primeiro raio que apanhou.
Hoje vive na minha aldeia comigo.
É uma criança bonita de riso e natural.
Limpa o nariz ao braço direito,
Chapinha nas poças de água,
Colhe as flores e gosta delas e esquece-as.
Atira pedras aos burros,
Rouba a fruta dos pomares
E foge a chorar e a gritar dos cães.
E, porque sabe que elas não gostam
E que toda a gente acha graça,
Corre atrás das raparigas
Que vão em ranchos pelas estradas
Com as bilhas às cabeças
E levanta-lhes as saias.

A mim ensinou-me tudo.
Ensinou-me a olhar para as coisas.
Aponta-me todas as coisas que há nas flores.
Mostra-me como as pedras são engraçadas
Quando a gente as tem na mão
E olha devagar para elas.

Diz-me muito mal de Deus.
Diz que ele é um velho estúpido e doente,
Sempre a escarrar no chão
E a dizer indecências.
A Virgem Maria leva as tardes da eternidade a fazer meia.
E o Espírito Santo coça-se com o bico
E empoleira-se nas cadeiras e suja-as.
Tudo no céu é estúpido como a Igreja Católica.
Diz-me que Deus não percebe nada
Das coisas que criou —
"Se é que ele as criou, do que duvido." —
"Ele diz, por exemplo, que os seres cantam a sua glória,
Mas os seres não cantam nada.
Se cantassem seriam cantores.
Os seres existem e mais nada,
E por isso se chamam seres."
E depois, cansado de dizer mal de Deus,
O Menino Jesus adormece nos meus braços
E eu levo-o ao colo para casa.

………………………………………………………….

Ele mora comigo na minha casa a meio do outeiro.
Ele é a Eterna Criança, o deus que faltava.
Ele é o humano que é natural,
Ele é o divino que sorri e que brinca.
E por isso é que eu sei com toda a certeza
Que ele é o Menino Jesus verdadeiro.

E a criança tão humana que é divina
É esta minha quotidiana vida de poeta,
E é porque ele anda sempre comigo que eu sou poeta sempre.
E que o meu mínimo olhar
Me enche de sensação,
E o mais pequeno som, seja do que for,
Parece falar comigo.

A Criança Nova que habita onde vivo
Dá-me uma mão a mim
E a outra a tudo que existe
E assim vamos os três pelo caminho que houver,
Saltando e cantando e rindo
E gozando o nosso segredo comum
Que é o de saber por toda a parte
Que não há mistério no mundo
E que tudo vale a pena.

A Criança Eterna acompanha-me sempre.
A direcção do meu olhar é o seu dedo apontando.
O meu ouvido atento alegremente a todos os sons
São as cócegas que ele me faz, brincando, nas orelhas.

Damo-nos tão bem um com o outro
Na companhia de tudo
Que nunca pensamos um no outro,
Mas vivemos juntos e dois
Com um acordo íntimo
Como a mão direita e a esquerda.

Ao anoitecer brincamos as cinco pedrinhas
No degrau da porta de casa,
Graves como convém a um deus e a um poeta,
E como se cada pedra
Fosse todo um universo
E fosse por isso um grande perigo para ela
Deixá-la cair no chão.

Depois eu conto-lhe histórias das coisas só dos homens
E ele sorri, porque tudo é incrível.
Ri dos reis e dos que não são reis,
E tem pena de ouvir falar das guerras,
E dos comércios, e dos navios
Que ficam fumo no ar dos altos mares.
Porque ele sabe que tudo isso falta àquela verdade
Que uma flor tem ao florescer
E que anda com a luz do Sol
A variar os montes e os vales
E a fazer doer aos olhos os muros caiados.

Depois ele adormece e eu deito-o.
Levo-o ao colo para dentro de casa
E deito-o, despindo-o lentamente
E como seguindo um ritual muito limpo
E todo materno até ele estar nu.

Ele dorme dentro da minha alma
E às vezes acorda de noite
E brinca com os meus sonhos.
Vira uns de pernas para o ar,
Põe uns em cima dos outros
E bate as palmas sozinho
Sorrindo para o meu sono.

………………………………………………………….

Quando eu morrer, filhinho,
Seja eu a criança, o mais pequeno.
Pega-me tu ao colo
E leva-me para dentro da tua casa.
Despe o meu ser cansado e humano
E deita-me na tua cama.
E conta-me histórias, caso eu acorde,
Para eu tornar a adormecer.
E dá-me sonhos teus para eu brincar
Até que nasça qualquer dia
Que tu sabes qual é.

………………………………………………………….

Esta é a história do meu Menino Jesus.
Por que razão que se perceba
Não há-de ser ela mais verdadeira
Que tudo quanto os filósofos pensam
E tudo quanto as religiões ensinam?


(Fernando PESSOA, Antologia Poética. [Lisboa] : R.B.A. Editores, 1994, p.124-129)



Que cada um ache o seu deus, menino, arteiro, pai, irmão, fiscal, amigo, o que for.

Um Natal de amor a todos.


por Ticcia, às 00:01 de 24.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

23.12.2004

É MINHA IRMÃ

O melhor e-mail de felicitações de final de ano (dentre coisas lindas, lindas, lindas) que recebi é de Paulinha, a irmã mais velha onze anos mais nova:

"Esse e-mail não tem anexos. Não tem uma mensagem bonitinha, nem bichinhos que pulam e cantam.

Considero que isso entre nós não seja necessário, pois nossa amizade não é coisa muito enfeitada e complicada. Costumo pensar que é coisa de gente normal (quase sempre) e que não necessitamos ficar fazendo juras de amizade uma ou duas vezes por ano, como costuma acontecer na maioria dos casos.

Bom, acho que esse e-mail já está se alargando demais, já que só quero desejar um FELIZ NATAL, que Deus ilumine os teus caminhos e faça desse próximo ano o melhor de todos.
Grande beijo"


É ou não é uma capricorniana com ascendente em escorpião com D.O.C?

Paula, te amo. Sou a mana mais orgulhosa do mundo.

por Ticcia, às 17:00 de 23.12.2004 - Categoria: Correspondência Secreta
Ver Comentários

Enquanto isso, em Fred West... As teleconferências continuam...

Com a Solineuzza...

- Oi, meu amor!
- Roberta, a Ticcia me disse que não vai mais pra Punta...
- Sim, e daí? Eu vou.
- Daí que tu não vais ir dirigindo pra lá. Eu não vou deixar.
- Amor, as estradas no Uruguay são ótimas... eu estive lá no carnaval, esqueceste?
- Mas foi O Finado quem dirigiu, e ele dirige bem. Tu vais morrer na estrada. Nada feito!
- Ai ai ai, chega desse assunto! E a festa de hoje?


***********************

Com a titia Rosecler...

- Roberta, tu sabes que eu não gosto de me meter na tua vida...
- Evidente. Não permito.
- Me deixa só te dar um conselho... Não vai dirigindo...
- Rose, eu não vou ficar sem carro lá.
- Aluga.
- Não vou conseguir estacionar um carro que eu não estou acostumada.
- O seguro cobre qualquer estrago que tu fizeres. Ou anda de taxi.
- Tá, obrigada pelo conselho! Vamos mudar de assunto.


***********************

Com O Finado...

- Oi.
- Oi. Tudo bem?
- Tudo. E tu?
- tudo bem. O pai me contou que vais pra Punta no ano novo.
- Sim, vou.
- Com quem?
- Sozinha, por quê?
- Se eu não estivesse de plantão ia contigo.


(silêncio)

- Queres que eu te leve no aeroporto?
- Vou de carro. Não quero ficar sem carro lá.
- Vai de avião, bebê.
- É uma ordem ou uma sugestão?
- É um pedido.


(silêncio)

- Eu ficaria mais tranqüilo.
- Vou pensar, tá.
...


***********************

Passagens compradas e reserva confirmada.
E quando foi que eu consegui dizer não a um pedido Dele?
por Ro, às 16:19 de 23.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

MAIS UMA DE NATAL

Separados há anos, ex-marido e ex-mulher se encontram por acaso numa loja atrolhada de gente, em plena véspera de Natal. Cumprimentam-se cordialmente e cada um segue suas compras. Meia hora mais tarde, estão em frente à mesma prateleira. Ele escolhe copos de cristal.

- O que tu achas desse? Ele pergunta.
- Não gosto. Essa lapidação é bregosa. Leva a lisa, muito mais chique.
- Mas os meus copos de cerveja são assim.
- Mas as taças de champanhe são lisas, não são?
- É, são.
- Então, leva as taças lisas que, além de mais chiques, são mais fáceis de repor caso a tua empregada avoada quebre. Copos de cerveja quebram logo, depois tu substituis por lisos.


Chega a vendedora.

- Posso ajudar?
- Sim. Esta senhora aqui é minha ex-mulher e não pára de dar palpite nas minhas compras, a senhorita poderia levá-la daqui?


Todos riem.

- E?
- Tá bem. Vou levar os lisos. Quatro de água, quatro de tinto, quatro de branco.
- Leva só os de água e de vinho tinto. Esses copos de vinho branco são muito pequenos. Usa o mesmo tamanho para ambos. Nunca vais servir tinto e branco na mesma refeição.
- Tens razão. Seis de cada, por favor.



Minutos depois ele encontra ela em frente à prateleira de panelas.

- Panelas? - Ele pergunta.
- Sim. Vou dar de presente para a vó.
- Ah, não!
- Não?
- Não! Dá uma coisa inútil pra véia. Panelas ela compra. Dá umas coisas boas de comer, já que ela pode. Bombons, licor, geléias, amanteigados.
- Podia fazer uma cesta bonita, né?
- Isso.
- Tens razão, boa idéia.
- Vou indo. Feliz Natal pra ti.
- Pra ti também.


Cada um vai pro seu lado, com um calorzinho bom no coração, um sorriso e a certeza que existem coisas boas entre as pessoas que ficam para sempre.

por Ticcia, às 16:01 de 23.12.2004 - Categoria: Estórias da Carrocinha
Ver Comentários

Rob's da Ro - Espírito Natalino em Fred West...

Shane Noel faz compras todos os dias. Ontem, parou em frente à joalheria por que o anel gritava S-H-A-N-E!!! O namorado mandou avisar que já comprou um jogo de panelas e uma batedeira. Bem feito!

**************

Depois da Simone e do Padre Zezinho, a trilha sonora da hora é Fafá de Belém, cantando Noite Feliz. De vez em quando toca Sergio Reis. Podia ser pior: o Wando também gravar um CD natalino.

**************

A Banda se apresenta na praça todas as noites. De uniforme azul, gorro vermelho do papai-noel, botas brancas e marchando. E o povo adora. Eu juro pela minha mãe mortinha.

**************

Johnny pergunta pelos estagiários. A Sandra foi ajudar o namorado na mudança, o Jesus dispensei para viajar com a família e liberei o André por uns dias por que ele pediu e é gostoso. A chefia quer alguma coisa? Não, só saber.

**************

Mas o mais incrível e melhor do natal em Fred West é que o supermercado agora fecha às 19hs. Retorna ao horário normal só no dia 27. Oba!
por Ro, às 10:05 de 23.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

HOJE NO FOCANDO


Imagem: Nuno Teixeira Lopes

À Vista

Assim que ele a olhou bem dentro dos olhos, sentiu que ele podia examinar seu peito como uma prateleira de supermercado: alguns medos em conserva, angústias em lata, frustrações defumadas. Amizades de consistência firme, mas algumas com prazo de validade vencido. Alegrias a granel, tristezas embaladas a vácuo. Continua aqui.

por Ticcia, às 08:54 de 23.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

22.12.2004

RENAS PRA QUE TE QUERO

A moça entra numa loja de roupas que ela ama. TREZENTAS E SESSENTA E SETE peças experimentadas depois, ela escolhe algumassssssss, mais um sapato, mais um colar de várias voltas.

A dona da loja (sim, a essas alturas a dona já estava presente à compra do ano) soma tudo e sugere parcelamento em cinco vezes no cartão. A moça, completamente louca, topa. A feliz proprietária do estabelecimento comercial, depois de empacotar tudo e colocar dentro de um gracioso container, diz que o colar na verdade eram dois, cada um custanto 70 reais, mas um fica de presente.

Sentiram, né?

Hohohoho. Noel gordíssimo!

por Ticcia, às 15:21 de 22.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

E NA VITROLA TOCA...

Quero ficar no teu corpo feito tatuagem
Que é pra te dar coragem
Pra seguir viagem
Quando a noite vem
E também pra me perpetuar em tua escrava
Que você pega, esfrega, nega
Mas não lava

Quero brincar no teu corpo feito bailarina
Que logo se alucina
Salta e te ilumina
Quando a noite vem
E nos músculos exaustos do teu braço
Repousar frouxa, murcha, farta
Morta de cansaço

Quero pesar feito cruz nas tuas coisas
Que te retalha em postas
Mas no fundo gostas
Quando a noite vem
Quer ser a cicatriz risonha e corrosiva
Marcada a frio, a ferro e fogo
Em carne viva

Corações de mãe
Arpões, sereias e serpentes
Que te rabiscam o corpo todo
Mas não sentes


Chico Buarque & Ruy Guerra - Tatuagem

por Ro, às 15:13 de 22.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

HAPPY BIRTHDAY




HAPPY BIRTHDAY TO YOU
HAPPY BIRTHDAY TO YOU
HAPPY BIRTHDAY DEAR MILTON
HAPPY BIRTHDAY TO YOU


Sim, hoje é o dia Dele, do mito, do ícone, da lenda vida que abala as pistas de Gay Harbour, MILTINHO TALAVEIRA. Beijo no coração, querido.


Solineuzza, Miltinho e Valdir,
em momento Ponha Seu Cocar Para Dançar...


Detalhes tão pequenos de nós dois: Miltinho é completamente careca. Ganhou de Solineuzza e Valdir um kig de banho, cujo carro chefe é uma ultra sofisticada touca...
por Ro, às 14:34 de 22.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

Modelón AS TIME GOES BY



Beijo, Greg.

por Ticcia, às 10:54 de 22.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

Ai

Dia 22, quarta-feira, e Ticcinha ainda não comprou um único presentinho de Natal. Sinto que a noite no xópim será longa. Muita sola de sapato, saco e paciência de Jó nessa hora.

por Ticcia, às 10:49 de 22.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

CÁ COM MEUS BOTÕES

Você precisa decidir sobre determinado assunto. O assunto é sério. Moooooito sério. Você gostaria de poder decidir depois de saber que atitude uma determinada pessoa tomará, ou não. Depois de pensar por dias, decide que decidirá sobre determinado assunto desconsiderando totalmente a atitude daquela determinada pessoa. Aliás, você decide decidir independentemete do que quer que seja que não lhe diga respeito direta e imediatamente. Então você se concetra e decide, no matter what. Com toda a convicção e certeza do mundo.

E aquela determinada pessoa?

Tecla F, de FODA-SE, nela.

por Ticcia, às 10:41 de 22.12.2004 - Categoria: Tolerância Zero
Ver Comentários

Megeras Magérrimas recomenda...

Se você não suporta a Simone, mas adora canções natalinas, não se desespere. Sucesso absoluto de público e crítica, para arrasar nas pistas neste natal, chegou o famuloso CD Diante do Presépio - Padre Zezinho.


Muita luz para você!

Aos fãs do Cid Moreira, avisamos que infelizmente não há participação especial dele neste CD.
por Ro, às 10:02 de 22.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

21.12.2004

O CLUBE DAS BAGACEIRAS

O CLUBE DAS BAGACEIRAS recentemente contratou parte do seu plantel de funcionários:

Emiliano Ricardo: motorista GLS - Gostoso, Lindo e Sarado. Homem bem-apessoado, porém, asinino.

Antônio Bartolomeu: pedreiro e encanador GLS - Gostoso, Lindo e Sarado. Homem bem-apessoado, porém, asinino.

Solineuzza: recepcionista, faxineira, operadora de fotocopiadora, cozinheira e diretora de arte RP - Racha Péssima. Mulher mal-apessoada, porém, arguta.



Crachá da Recepcionista



Informamos aos leitores que no chá das cinco O CLUBE DAS BAGACEIRAS terá como tema de discussão um assunto de alta relevância para bagaceiras em geral, especialmente para as sócias fundadoras: Tamanho é documento?
por Ro, às 17:07 de 21.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

MANUAL PRÁTICO PARA BOFES BEM

Capítulo X, versículo 5-26 - Festas de Final de Ano


Esse MPB2 é ótimo!
Encomenda mais 2.000 exemplares!



Época muito complicada. Não é à toa que os psis dizem que nessa época o verbo surtar é conjugado em todas as pessoas. Eu surto, tu surtas, ele surta, and so on. Você, meu amigo, que tem se esforçado para ascender na escala evolucional dos portadores de XY, deve atentar para uma série de recomendações que tentarão (veja bem, apenas TENTARÃO) impedir que você torre o seu filme nesses tempos difíceis de marzipã, amigo oculto e festas em família. Depois não diga que a gente não avisou. Tá bem? Renas a postos?


XÓPIM CENTER – Você é bofe, certo? Assim, tem uma incompatibilidade natural com xópim que se agrava terrivelmente nesta época do ano em que, na melhor das hipóteses, para se locomover tem que apelar para o dedo no olho e cotovelaço nas paleta e não há uma única rica mesinha desocupada para você tomar um choop enquanto a sua mimosa consorte faz aquelas últimas comprinhas da listinha-que-tá-quase-óquei. O que você faz?

Não aceite ir ao xópim em hipótese alguma.

Eu sei, parece pouco solidário, mas é questão biológica e a gente pode ir contra tudo, menos contra a natureza. Não vá. Diga que você leva e busca e ainda transporta pacotes. Isso a poupará de achar a vaga que não existe no estacionamento filial do inferno. Diga que ela pode ligar para você e despachar os pacotes. Você fica num aprazível bar perto do xópim e faz as vezes de tele-busca e armazém de presentes. Pronto. Solidariedade 10, stress zero.

Agora, se você cometer a insanidade de acompanhá-la, meu filho, o seu papel é um misto de psicólogo, carregador, personal stylist e melhor amiga. Tem que carregar, sugerir, dar palpites, tranqüilizar, ser criativo, abanar, buscar água e JAMAIS, JAMAIS, JAMAIS perguntar se falta muito. Você foi, azar o seu. E tem mais. Ela está nervosa e cansada. Se ela for grossa, tiver um chilique, um ataque e soltar os cachorros em você, sorria.



NA SUA FAMÍLIA OU NA MINHA? – Negociem. Se as famílias morarem na mesma cidade, há possibilidade de passarem numa e depois na outra. Se isso acontecer, não insista para que ela se entupa de comida em ambas as festas. Também não fique regulando o que a moça come ou deixa de comer. Pior que um bofe intriguento que faz coro com a parentada na hora do “Mas você não comeu nada”, só um bofe que fica dizendo “o verão taí”.

Só leve presente para os sogros se você é novo na família e o pai dela faz a linha Vito Corleone ou se você acha realmente que ela é a mulher da sua vida. Ainda assim, um vinho de boa qualidade é a solução. Certifique-se, claro, de que seus sogros bebem. Alternativas: bombons, licor.



TRENÓ DE BÊBADO NÃO TEM DONO – Se o Natal for em família, por favor, não passe da conta. Beber um pouquinho é legal, não tem problema nenhum, mas ficar alto do chão, no meio dos cunhados, tios, pais, irmãos (tudo dela) é o que de pior você pode fazer. Lembre-se do capítulo do manual a este respeito.



O PRESENTE DELA – Não sabe o que dar? Não tem a mínima noção? Uma pena. A verdade é que SIM, NOS ESPERAMOS UM PRESENTE MARAVILHOSO.

Se você não teve nenhuma idéia genial, não lhe ocorreu nenhuma iluminação celeste, você não percebeu nenhuma das 376 dicas que ela deu do que gostaria de ganhar e você não tem intimidade suficiente para ligar para a melhor amiga dela e pedir sugestão, meu querido, a solução é bem mais simples do que você está pensando: vá até a joalheria mais próxima. Eu agarantio.



por Ticcia, às 11:02 de 21.12.2004 - Categoria: MPB2
Ver Comentários

A pior coisa do final do ano é o CD de natal da Simone.
Depois disso, só o lado B do CD de natal da Simone.
por Ro, às 10:07 de 21.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

20.12.2004

MAS LOGO AGORA?!

E então assim, às duas e meia da tarde, em plena segunda-feira de um ano teoricamente não findo, mas praticamente acabado, sem prévio aviso, sem premonição, sem ter mandado oficial de justiça lhe intimar, sem aparição do anjo Gabriel, sem um telefonema, uma carta, uma mensagem no celular, o portal da quinta dimensão se abre num canto do estacionamento e deus em carne, osso e paetê resolve lhe dar a oportunidade de mudar absolutamente tudo em sua vida: casa, cidade, trabalho, amor, marca de sabão em pó, estilo de vida, cor de cabelo.

Tudo agora, pra ontem, decisão até o final da semana.

E você de boca aberta, pensando, ai meu deus do céu, o que eu faço agora?

O que eu digo: T O M A.

por Ticcia, às 15:47 de 20.12.2004 - Categoria: Boca no Trombone
Ver Comentários

Oi, eu sou Deus! Mas pode me chamar de Murphy.

Você vai à festa bem feliz, com ela. Depois de umas bebidinhas e umas musiquinhas, a moça se encanta com um bofe gostoso e sarado que não parava de olhar para vocês:

- Gente, olha que bem!
- É o Miguel.
- É impressão minha, ou ele tá te querendo?
- Sinto muito, eu não quero.
- Mas ele é maravilhoso! Eu vou dar na tua cara!
- Esse eu já peguei.


Seguiram dançando. Você não encontra nada que lhe apeteça. Meu Deus, onde está o elenco principal? Mandaram só os medonhos, não é possível?! Sua amiga finalmente cai nos braços de um bofe que ela catava há hooooras. Depois da interminável discussão do "eu-não-vou-te-beijar-por-que-comi-churrasquinho/então-vamos-pra-tua-casa-tomar-banho-e-escovar-os-dentes" você, que não é mulher de deixar amiga na mão, se oferece para levá-los em casa. Evidente que o bofe vai tomar banho e cair estatelado na cama, de tão bêbado. Tsc, tsc, tsc... já que só os figurantes apareceram e os bonitos vão embora cedo, hora de me mandar! Eles entram no carro. Ricardo prontamente diz:

- Como é nome dela?
- Valdir, eu sou o motorista. Pode me chamar de Val.


O bofe fez cara de quem bebeu demais e não entendeu nada, mas indicou o caminho: proximidades da Av. Cristiano Fischer. Que ótimo! O Senhor se puxa, né, papai-do-céu!

- Eu sei onde fica. Meu ex morava ali perto.


Conversas instigantes pelo caminho, algumas infrações de trânsito na madrugada e você entra na rua do motel.

- Não aí. Sobe a avenida e dobra no sinal. Mas esse Valdir dirige mal, hen!?
- Não te preocupa que eu posso te largar no matagal, sozinho!
- Agora dobra aqui.


Você percebe que está chegando perigosamente perto da casa Dele. Veja bem, meu Deus! Não me sacaneie, eu estou fazendo uma boa ação! Ricardo aponta:

[clique aqui para ler o texto na íntegra]
por Ro, às 13:30 de 20.12.2004 - Categoria: Estórias da Carrocinha
Ver Comentários

DA MALDADE E DA BONDADE NOSSA DE CADA DIA

Vilões de novela não existem, nem de conto de fadas, nem de desenho animado. Aquela criatura má por convicção, até a raiz dos cabelos, ruim de marré de si que dedica a vida a fazer o mal, que destrói tudo e todos por onde passa, contrapondo-se às pessoas boas e límpidas de espírito, puras de coração, que só fazem o bem, só existem na ficção maniqueísta, nas histórias panfletinescas cheias de moralismo rançoso.

Ainda assim, pessoas más existem. São numerosas e muitas delas coabitam com pessoas boas não só no mesmo ambiente, como freqüentemente, no mesmo corpo. Podem estar adormecidas, sedadas, postas para dormir, mas seguem latentes. Suas crueldades não são grandes feitos que se estampam em primeira página de jornal. Não se resumem ao infeliz que esfaqueou a enteada, ao imbecil bêbado de atropelou um senhor no ponto de ônibus. As grandes crueldades do mundo são praticadas furtivamente, no andar ordinário dos dias. É a palavra ferina que humilha sutilmente, o comentário maldoso sobre um conhecido ponto fraco, a ironia triste que desmonta, a indiferença gélida que segrega e diminui.

Da mesma forma, porém, o que há de bom e bonito também chega todo dia e tem gosto de café, leite e pão, um cheiro de bolo de laranja, um jeito tão comum que a gente nem sequer percebe. Vem num sorriso, num abraço, num olhar que é para ser um beijo, num mail do outro lado do mundo, num colo miúdo. Vem num pedido de desculpas, numa ajuda que a gente nem sabia que precisava, num elogio sincero. Essas são as coisas que chegam e salvam as nossas vidas todos os dias, ainda que a gente não saiba. São essas coisas que nos resgatam do escuro, nos livram da morte, redimem as nossas falhas, nos permitem ser humanos cheios de contradições e incertezas, e, ainda assim, felizes.

por Ticcia, às 11:32 de 20.12.2004 - Categoria: Crônicas Cretinas
Ver Comentários

19.12.2004

ALFIE - O SEDUTOR


Alfie, sapatos Prada e terno Gucci...


A história: comédia fraca, previsível, leve.

A Fotografia: preto e branco, azul, magenta, verde. Impecável, cool.

A trilha sonora: Mick Jagger e Dave Stewart. Primorosa. Saímos do cinema e entramos direto na Cultura para comprar.

Jude Law: olhos perfeitos, boca perfeita, dentes perfeitos, nariz perfeito, omoplatas perfeitas, abdômen perfeito, pernas perfeitas, ombros perfeitos, antebraços perfeitos. Provavelmente até a pleura é perfeita. Meu número.
por Ro, às 21:32 de 19.12.2004 - Categoria: Dicas Divinas
Ver Comentários

18.12.2004

Da série COISAS QUE APRENDI COM HILDA, A GATA


Tenha dois lugares preferidos na casa:



um no inverno,




outro no verão.


por Ticcia, às 15:35 de 18.12.2004 - Categoria: Fatos e Fotas
Ver Comentários

Como Fazer Uma Criança Feliz...

Ele é a coisa mais fofa do mundo. Me convidou e eu, metida que sou, aceitei. Só tem gente boa escrevendo . Quero só ver o que eles vão fazer comigo, a sem noção!
por Ro, às 13:47 de 18.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

17.12.2004

O MEU SANGUE FERVE POR VOCÊ

Ele começou cantando aquela lambada que era tema de abertura da novela Rainha da Sucata, lembram? Ê-ô-ê-ô... teu corpo estremece... Depois cantou Luiz Caldas, Eu queria ser uma abelha pra pousar na sua flor, haja amor, haja amor..., e transformou pagode em salsa, Ana, tanajura, jura que me ama.... Daí levou a galera a loucura com Quero vê-la sorrir, quero vê-la cantar, quero ver o seu corpo... E eu lá, bem bonita com um
morenão de 1,83m do lado. Na saída, encontramos com ela, que ficou passada olhando pro gostoso. Arrasei, colegas!
por Ro, às 20:44 de 17.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

A REDENÇÃO (o substantivo, não o parque)

Você tem um Ex. Um ex que lhe tascou um doloridíssimo pé na bunda.

Segundo Ticcia, todo ex que lhe tascou um doloridíssimo pé na bunda no auge da sua paixão, tem uma tendência natural e irrefreável a tornar-se deus. É uma lei da Física psicológica quântica moderna. Sim, deus. Pode escolher a sua versão: ele pode tornar-se Apolo, Eros, Dionísio, mas sem aqueles defeitinhos que a mitologia tratava de agraciá-los para ficarem mais parecidos conosco, reles mortais.

O Ex é um deus no sentido mais perfeito, inatingível e bem acabado do termo. Já não tá mais aqui (e a gente queria que ele estivesse), daí é covardia.

Os defeitos somem (ou ficam tãããããããão chamosinhos, né?) e as qualidades se agigantam eternamente em berço esplêndido ao som do mar e à luz do céu profundo, cada vez mais fulgurantes. Ninguém chega nem perto. Nem do dedinho do pé. Nem de um fiozinho de cabelo. Ah, ele era calvo? Ninguém é nem de longe tão charmoso.

Você tem flashbacks com trilha sonora cool, ainda que a trilha sonora original fosse péssima. A luz é digna de Oscar de melhor fotografia. Os diálogos dariam um roteiro inteligentíssimo, mesmo que você tenha a impressão de que não foi exatamente essa frase (do Vinicius) que ele usou. O enquadramento das lembranças é uma coisa Kubrick. Sempre assim. E você ali, se dilacerando pela certeza inarredável de que nunca, nunca, NUNCA MAIS NESSA DESGRACEIRA DE VIDA, você será tão feliz.

Não é assim?

Pois é. Eu sei. É e-xa-ta-men-te assim.

Mas eu fui e voltei, minhas amigas, FUI, VINDI, VINCI! e olhei para a cara do ex e deu até um nojinho.

Creiam, irmãs!

Deus existe e não é o Ex!

por Ticcia, às 11:46 de 17.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

DIVAS DIVINAS - MAE WEST


Mae West - AbsoluteNow.com

"It isn't what I do, but how I do it. It isn't what I say, but how I say it, and how I look when I do it and say it."

****************

- Oh, Miss West, I've heard so much about you...

- Yeah, honey, but you can't prove a thing.



por Ticcia, às 09:27 de 17.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

16.12.2004

COISAS QUE APRENDI COM HILDA, A GATA



Toda hora é hora para assumir seu lado pinup.

por Ticcia, às 19:47 de 16.12.2004 - Categoria: Fatos e Fotas
Ver Comentários

Você que está de saco cheio de bancar a muitofina.com.br, que paga seus impostos em dia e, exatamente por isso, se dá o direito de vestir aquela maravilhosa saia de roda e bancar a baiana, você que gosta de comer bem e de ser bem comida, que é acometida pelos “5 minutos” quando lhe tiram do sério, que gosta de levar a vida na maciota sempre que o trabalho permite, que faz o açucareiro no exato momento que aquela sirigaita ridícula está dando em cima do seu bofe, você que não tem vergonha de expressar suas opiniões para quem quer que seja, que manda todo mundo pro inferno quando o diabo está solto, que considera fundamental para uma existência tranqüila sapatos espetaculares, um bom relógio e rímel de qualidade, você que sabe rir de si mesma, chorar de desespero, isolar-se quando não sabe ainda que atitude tomar para não magoar aqueles que ama, amar intensamente e até o pescoço, odiar profundamente e até o caroço, você que foi ao fundo do poço e voltou coberta de lama, mas voltou, você que está no alto do pedestal, você que amarra cachorro com lingüiça e se vira para pôr comida na mesa, que chega cansada do trabalho e vai lavar roupa, você que não se cansa nunca e vive no shopping, você que tem marido, filho, papagaio e ainda é síndica do prédio, você que mora sozinha e procura um marido, você que ama seus bebês, mesmo que eles sejam bichanos, você que ama mulheres, você que ama homens, você que não tem nada mais útil para fazer do que ler essas bobagens...

PARA VOCÊ... NÓS TEMOS A SOLUÇÃO... MEGERAS MAGÉRRIMAS APRESENTA...

O CLUBE DAS BAGACEIRAS


O CLUBE DAS BAGACEIRAS é uma entidade de blogueiras, com a única e exclusiva finalidade de tornar suas sócias fundadoras ricas e famosas no mundo inteiro. A nossa sociedade é imbuída de total apelo lucrativo, considerando que todas as bagaceiras que o compõem pretendem passar um tempinho adquirindo finesse na Europa. Todas as doações espontâneas serão imediatamente repartidas entre as sócias fundadoras, que se comprometem a divulgar toda e qualquer baixaria decorrente da divisão da grana. Reuniões, quando nos der na telha, e não nos comprometemos com rima e métrica nem tampouco com adequação das informações divulgadas. Só o que nos importa é a superfície lisa e o acabamento perfeito.
[clique aqui para ler o texto na íntegra]
por Ro, às 18:03 de 16.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

AI, TONINHO!



Ai, Toninho, meu santo!
Vamos combinar que tu tá te puxando, né?
ô, lelê!

por Ticcia, às 16:58 de 16.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

A VOTAÇÃO PARA O IBEST ENCERRA AMANHÃ



Aí povo!

Falta só UM DIA para encerrar a votação do IBest para os TOP10!

Vote djá!

Não basta morrer de rir da nossa cara, tem que votar ninós!

por Ticcia, às 14:14 de 16.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

OI NOVALGINA, TUDO BEM?

Final de ano, os pacientes dão montes de presentes para seus médicos. Ginecologistas, urologistas, clínicos gerais, recebem cestas e mais cestas de Natal. Para os psis, nadica. Muito raramente alguém dá alguma coisinha pro psi. Inclusive, é muito comum que depois do tratamento, a criatura passe pelo psi na rua e nem veja o cidadão. Com o psi não tem papo fora do consultório, fora do tratamento, mesmo (e principalmente) se o tratamento já terminou.

Sabem por quê?

Ói que interessante.

Segundo um perspicaz amigo meu, os médicos curam prescrevendo remédio. A criatura vai lá, leva o remédio, toma, e se precisar, volta pra saber que outra coisa tem que tomar dessa vez. Pode encontrar o médico no clube, falar da vida, contar história; no caso do psi, é ele o próprio remédio - A-há! Tomou, curou, pronto. Ninguém guarda a caixa vazia, ela não serve pra nada. Ninguém bate papo com a Novalgina, ninguém convida ela pra festa de aniversário. Ela só tem serventia quando se tem dor de cabeça. A dor sumiu, a Novalgina vai pra gaveta. A dor não sumiu, troca por Parcel, ou Neosaldina.

Nenhum problema, claro, mas quem é psi tem que saber disso.

Eita.

por Ticcia, às 11:43 de 16.12.2004 - Categoria: Crônicas Cretinas
Ver Comentários

Porque eu a amo...

por Ro, às 10:45 de 16.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

FOCANDO

Pátio do Colégio

O pátio ainda em silêncio renega a multidão que se esconde por detrás das grossas portas de cedro, das paredes de tijolo duplo, das várias camadas de reboco, das inúmeras demãos de tinta. A quadra de cimento, úmida, sempre úmida, no centro do prédio de três andares. Sol mesmo, só ao meio dia. Em volta, canteiros e parreiras conduzem a outros pátios, à capela e ao prédio anexo.

Ela esquece por momentos a Carolina enrugada, reumática, muito acima do peso, e sente nos olhos a umidade do olhar de Nina, rabo de cavalo cheio de cachos e o calor da mão de Rita, caminhando por debaixo das plantas. Ali, bem ali naquele banco branco, gelado e úmido como são úmidas todas as coisas dessa cidade, chorava doído e pedia por favor para serem amigas.

Continua aqui.

por Ticcia, às 09:04 de 16.12.2004 - Categoria: Estórias da Carrocinha
Ver Comentários

E AGORA, O QUE SERÁ DE MIM?

Nosso humilde blog, citado duas vezes num único dia no blog AVIZ, uma das criaturas mais cool d'além mar.

Ai, minha noussa sinhoura de fát-ma!

por Ticcia, às 09:00 de 16.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

Você que proclama o estilo cool do Johnny Deep, o olhar safado no rosto perfeito do Jude Law, o charme contido do Edward Norton, mas no fundo no fundo fantasia com o Colin Farrell...

Você que mantém na biblioteca diversos exemplares de Florbela Espanca, Simone de Beauvoir, Hilda Hilst, mas no fundo no fundo prefere Dorothy Parker...

Você que andou de camelo no Egito, fez cruzeiro pela Ilhas Gregas, comeu peixe em Cuba, mas no fundo no fundo acha que a melhor cidade do mundo é Miami...

Você que se espelha em Gwyneth Paltrow, Charlize Theron, Nicole Kidman, mas no fundo no fundo acha que gostosa mesmo é a Jennifer Lopez...

NÃO PERCA A NOSSA PRÓXIMA ATRAÇÃO... VEM AÍ...

O CLUBE DAS BAGACEIRAS


por Ro, às 00:08 de 16.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

15.12.2004

Da Série CORRESPONDÊNCIA SECRETA

"- Como assim... a Solineuzza ganhou prêmio no Salão da Propaganda e eu não fui comunicada...
- Hahahahaha. Como é que tu soube?
- A Joema deixou comentário no MMs.
- A Joelma é um bafo! E o MMs é um ninho de fofoqueiras...
- Evidente! E caminha já me contar tudim, tim-tim-por-tim-tim. Manda mail que eu vou divulgar no antro das fofoqueiras."


*****************
Ganhei 7 premios ao total:

Categoria Jornal

Anúncio individual
Título: Aviãozinho
Cliente: Escala

Campanha: ZH 40 Anos Institucional
Cliente: Zero-Hora

*****************

Categoria Rádio
Campanha:
Título: ZH 40 Anos
Cliente: Zero-Hora

Campanha: 50 Anos- Feira do Livro
Cliente: Feira do Livro

*****************

Categoria Mídia Externa
Peça individual
Título: Sarampo
Cliente: Secretaria da Saúde

*****************

Categoria TV
Campanha ZH 40 Anos Institucionais
Cliente: Zero-Hora

*****************

Cartazes
Conjunto
Título: Anjos
Cliente: Banco de Sangue do HPS

*****************

Já a Solineuzza ganhou nas categorias:
-melhor faxina
-melhor panela ariada
-melhor roupa quarada
-campanha de faxinas (3 num só dia)
-banheiro desinfetado
-almoço delícia
-servente do ano


*****************

E pelos merecidos prêmios conquistados, Solineuzza acaba de ser contratada pelo O CLUBE DAS BAGACEIRAS para ocupar o cargo importantíssimo de recepcionista, faxineira, copeira, operadora de fotocopiadora e pau para toda obra.

por Ro, às 23:19 de 15.12.2004 - Categoria: Correspondência Secreta
Ver Comentários

BRINQUEDO NOVO

Você decide que já é hora de ter um vibrador. Transpassada a emblemática barreira dos trinta anos, você já pode encarar com naturalidade essa vontade que lhe assalta há tempos. Afinal, é adulta, vacinada, independente e ninguém vai fuçar nas suas gavetas.

Se você ainda não tem trinta e ainda assim resolveu satisfazer esse impulso, parabéns, você é inteligente, sabida e precoce para assuntos de vibrador.

Se você está sem namorado, a hora é essa, já que não precisa se preocupar com o que o dito iria achar e, afinal, é a fase ideal para se divertir sozinha, já que tá difícil de se divertir acompanhada, né amiga? Se você está com namorado, mas ele é meio conservador, a hora também é essa porque namorado conservador ninguém merece e você deve estar precisando se divertir mais. Se você finalmente está com um namorado resolvido e depravado o suficiente para não só apoiar a compra, mas ter idéias ótimas para novas brincadeiras, a hora definitivamente é essa. Vá e compre.

Para o caso de você estar meio em dúvida sobre como deve se comportar na sex shop, MM’s prestam esse relevante serviço social.

[clique aqui para ler o texto na íntegra]
por Ticcia, às 11:37 de 15.12.2004 - Categoria: Dicas Divinas
Ver Comentários

COZINHANDO COM AS MEGERAS



O Natal vem chegando e isso me lembra que, pelo menos em Satolep onde a colônia portuguesa é grande, faz parte da tradição comer bacalhau. Eu, como adoro esse bichinho fedorento e esturricado, aproveito a desculpa sempre.

Certa vez fui visitar amigos no Paraná e eles encomendaram um bacalhau num restaurante de Maringá chamado Casa Portuguesa (alou pessoal de Maringá, vão lá ver se eu tô mentindo!).

Eu comi meia tonelada e dei graças a deus por conhecer gente que me amasse tanto e conhecesse tão bons restaurantes.

Meses mais tarde, fui acometida por uma vontade incontida de comer novamente aquele bacalhau. Quem diz que eu acho? Aquele bacalhau com natas, batata, cebola, aquela coisa cremosa e suave, com aquele gostinho... ahhhhhhhhhhhh... sim, sim, sim, eu PRECISAVA DESESPERADAMENTE COMER AQUELE BACALHAU.

Resolvi tentar fazer por conta própria, assim, a esmo, e ver se Nossa Senhora de Fátima me ajudava. E ajudou. Depois fiz a receita para D. Maria (portuguesa legítima, vizinha da Vó Nininha, que faz o melhor Caldo Verde do mundo) e ela disse que estava "perfeito, ó pá!"

Testem e depois me contem.


BACALHAU COM NATAS


Ingredientes


1kg bacalhau seco
1,5 kg batata
3 cebolas médias
Azeite de oliva
Sal
Pimenta do reino
Creme de leite de lata
Nata fresca
Salsinha picada


Modo de Fazer

Deixar o bacalhau de molho na água por no mínimo 36h em uma bacia alta, com tampa, na geladeira, trocando a água várias vezes.

Cozinhar o bacalhau somente até ele ficar macio (depois que a água ferver, é bem pouco tempo, uns 5 minutos, dependendo do tamanho dos pedaços). Retirar o bacalhau da água e deixar esfriar. Reservar a água.

Descascar e picar as batatas em cubos pequenos (1cm x 1cm) e cozinhar na água do bacalhau. Tem que provar para ver se o sal na água é suficiente. Enquanto as batatas cozinham, cortar as cebolas em meias rodelas e fritá-las em azeite de oliva até que estejam bem macias e cozidas. A quantidade de azeite na frigideira tem que ser o suficiente para que elas cozinhem bem (mais ou menos uma xícara).

(Parênteses para o azeite de oliva: quanto menor o índice de acidez, melhor o azeite. 1,5 é bão; 0,8 é bem melhor. Azeite de oliva é a alma do bacalhau. Não pãodureie!)

Desfiar o bacalhau, juntar as cebolas e o azeite de oliva, as batatas, a pimenta do reino. Misturar o creme de leite e a nata em quantidades iguais para que fique na consistência de uma pasta (não colocar muito porque quando esquenta fica mais líquido). Provar o sal. Misturar a salsinha picada.

Colocar em um pirex e polvilhar com farinha de rosca por cima. Levar ao forno até ferver as bordas e gratinar.

Servir com arroz branco e legumes cozidos.


Calorias por porção: você não quer realmente falar sobre isso, né? Está bem, eu também não.


por Ticcia, às 09:34 de 15.12.2004 - Categoria: Cozinhando com as Megeras
Ver Comentários

BLOG DE PAPEL

Hoje tem texto novo lá, com foto do meu ilustre ilustrador, que além de talentoso com imagens, é talentoso com as palavras.

Não "perdam"!


por Ticcia, às 09:17 de 15.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

14.12.2004

Da série CONTANDO NINGUÉM ACREDITA

Ticcinha sai da médica da cabeça, meio chapada de remédios para a gripe e queijo brie e dirige seu palio joaninha pela Rua 24 de outubro, calmamente escutando seu CD favorito do Pat Metheny. Pára no semáforo, ouve uma freada, olha pelo retrovisor e vê uma moto grande e bonita, tentanto parar. A motocicleta ladeia, dança, saracoteia, arrasta pneu e não tem jeito, se estatela contra a lateral traseira do Palio joaninha de Ticcia.

Como a moto é muuuuuuuuito grande, o cidadão nem cai de cima dela. Ticcia abre o vidro e ouve o moço dizer de dentro do capacete "Encosta aí". Ticcinha obedece ao causador do acidente moto-automobilístico.

O bofe desce da moto, Ticcinha sai do carro. Quase dois metros e um belo par de olhos azuis de inábil motociclista se apresentam.


- Puxa vida, desculpa, não consegui parar...

- Tudo bem, acontece.



Agacham, olham o carro.


- Não estragou muito, né? Só esta raspada no pára-choques.

- É, nem foi nada não.

- Olha, eu pago, pode ver quanto dá. Não tem problema.

- Não foi nada, deixa pra lá.

- Mesmo?

- Claro, foi só uma raspadinha, só o friso, nem vale a pena.

- É sério? (O bofe ri, incrédulo)

- É sim. E tu estás bem? Não bateste com a perna?

- Não, eu tô bem. Mas deixa pelo menos eu te pagar um café... meu nome é Luis Alberto.

- Patrícia.

- Pode ser? Café?

- Tá bem.



Toninho, meu santo, tu tens cada idéia, hein?!

por Ticcia, às 23:12 de 14.12.2004 - Categoria: Estórias da Carrocinha
Ver Comentários

O MELHOR REMÉDIO É CARINHO




por Ticcia, às 23:10 de 14.12.2004 - Categoria: Fatos e Fotas
Ver Comentários

Cristal Swarovski e Cetim Dourado: porque você merece!




Para o Gustavo,
O máximo de obscenidade que este blog permite. O blog, evidentemente.

por Ro, às 14:20 de 14.12.2004 - Categoria: Fatos e Fotas
Ver Comentários

YOU GIVE ME FEVER


Foto: Robinson Estrásulas/ZH

Foi lindo, lindo, lindo. As interpretações que Miss Jones fez das músicas que já eram nossas conhecidas foi de arrepiar. Os músicos da The Handsome Band arrasaram. Adam Levy e Robbie McIntosh são maravilhosos e eu fiquei totalmente abobalhada com o talento do baterista Andrew Borger. Não vou nem falar do charmosérrimo Lee Alexander. Para melhorar, Norah Jones é simpática, espontânea. Contou piada, brincou, falou do show do Milton Nascimento que assistiu na véspera completamente incógnita no meio do público que foi ao Parcão. Uma delícia.

Cheguei em casa e tive quase 40° de febre a noite toda. Hoje pela manhã fui para o hospital. Parece que é virose, sinosite, garganta, sei lá. O melhor é que preciso ficar de molho. Vou aproveitar para beber muito líquido, comer proteína, descansar e ver os DVDs da mocinha.


por Ticcia, às 12:06 de 14.12.2004 - Categoria: Fatos e Fotas
Ver Comentários

Primeiro as luvas, bem devagarinho...

por Ro, às 01:51 de 14.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

13.12.2004

Fã... náticos

Madonna
Um fã a obrigou a ficar trancada por meia hora em um camarim da rede de televisão norte-americana BBC. O rapaz comprou um ingresso por 500 euros para ver a gravação do programa Top of the Pops, do qual participava sua musa. Depois, fez plantão nos bastidores para vê-la de perto, obrigando-a a se esconder. Esse mesmo admirador já havia tentado entrar na casa da superstar se passando por um entregador de flores, mas foi barrado pelos seguranças.
Em 3 de novembro de 2004, o jornal inglês The Sun divulgou que outro admirador da popstar a estava perseguindo desde o começo do ano. O homem havia, inclusive, conseguido o e-mail da cantora. Segundo o veículo, a estrela teme ser assassinada por ele e o considera seu pior "fã... nático".

Mônica Seles
A tenista foi esfaqueada durante a semi-final do Torneio Citizen Cup de Hamburgo de 1993. O autor do crime declarou depois ser fã da alemã Steffi Graf, principal rival de Seles e provável adversária no final do campeonato. Segundo ele, sua intenção com a agressão era impossibilitar a atleta de disputar a partida. O tribunal condenou o obcecado a dois anos de prisão.

Ronald Reagan
O norte-americano John Hinckley tentou assassinar o ex-presidente apenas para chamar a atenção da atriz Jodie Foster. Mesmo depois de preso, ele continuou enviando cartas e poemas à estrela.

Olívia Newton-John
Um fã obcecado pelos olhos azuis da atriz a perseguiu até sua terra natal, a Austrália. O psicopata foi preso em um hotel em Nova York (EUA). A polícia descobriu que ele havia morto os pais, um sobrinho e dois primos com tiros nos olhos.

Palema Anderson
A estrela do seriado S.O.S. Malibu encontrou uma fã dormindo no quarto de hóspedes de sua casa em Malibu, Califórnia (EUA). Fazia três dias que a mulher, uma francesa lésbica, estava escondida no lugar e vinha roubando as roupas da atriz e distribuindo-as aos pobres. Acabou condenada a 72 horas de acompanhamento psiquiátrico e a extradição para seu país de origem.

Steven Spielberg
O norte-americano Jonathan Norman foi preso na frente da casa do diretor com uma faca e uma algema na mão. A polícia descobriu que o fã, autor também de uma série de cartas obscenas recebidas por Spielberg, pretendia usar os objetos para estuprá-lo em frente de sua família. Norman acabou condenado a uma sentença de 25 anos a prisão perpétua.

Avril Lavigne
O norte-americano James Speedy foi acusado no dia 27 de agosto de 2004 de perseguir a cantora canadense. O fã mandava com freqüência e-mails e presentes e ainda viajou até Ontario (Canadá) para conhecer a casa dos pais de Avril.

Gwyneth Paltrow
Em dezembro de 2000, um juiz de Los Angeles determinou que um perseguidor dela ficasse longe da atriz. O entregador de pizza Dante Michael Soiu enviou centenas de cartas a Gwyneth e chegou a ir à casa dos pais da moça. Ela chorou ao ouvir a sentença.

John Lennon
O ex-Beatle foi assassinado por Mark David Chapman, um rapaz de 25 anos que sofria de esquizofrenia. Chapman disparou cinco tiros nas costas de Lennon minutos depois do músico ter autografado seu exemplar de um livro de J.D.Salinger. Seus amigos afirmaram que ele tinha ficado com raiva do ídolo por este não abrir mão de seu dinheiro, mesmo pregando a paz e o amor.

Ro
Em meados de 2004, a criatura fanática deixa comentários ameaçadores no blog Megeras Magérrimas, que atingiu imenso sucesso após cinco indicações no BoN. A irreverência das Megeras resultou em matéria no Jornal da Globo. Enlouquecido de paixão, o fã...nático começou a mandar mais de 40 e-mails por dia para a estrela, ameaçando-a de esquartejamento caso não desistisse de escrever no blog. A polícia descobriu na casa do fã... nático anônimo um dos brincos de strass que a Megera perdeu na Bagasexta. A relíquia estava numa redoma de cristal, sob um manto de veludo vermelho, rodeado por velas brancas de 7 dias, num altar macabro. No local também foram encontradas montagens de fotos obscenas da celebridade.
por Ro, às 16:41 de 13.12.2004 - Categoria: Estórias da Carrocinha
Ver Comentários

É HOJE!



Bafo-bafo-bafo.


Depois de ter saído mais feliz do show da Maria Rita por ter notado que a moça tinha braços mais roliços que os meus, vou ver a Norah Jones e seus bracinhos fofos, sua silhueta curvelínea, seu peito farto. Divas não precisam ser aneréxicas, não. Só precisam ter talento e estilo. Nem tudo está perdido para mim (por favor, deixem-me delirar, obrigada, o Gardenal acabou e tá em falta no posto de saúde).

Só espero daqui a um mês não ser informada que esta daí também tá usando o meu mesmo manequim porque tá grávida. Hohoho.

por Ticcia, às 16:13 de 13.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

IS THERE ANYBODY IN THERE?

No rádio: Volare, versão instrumental, com o barulho da fotocopiadora à manivela 1962 ao fundo.

No ar condicionado: Freeze, com direito a rajadas de vento importado da Lapônia.

No almoço: um Alka-Seltzer.

No celular: "Comece a jogar EGO! Voce conhece gente nova, bate papo e ainda namora. Envie texto EGO p/ 346. Tarifa 0,14/msg. Acesse www.claroideias.com.br



Meu novo adesivo para o carro:

EU ACREDITO EM VIAGEM FORA DO CORPO.

por Ticcia, às 15:01 de 13.12.2004 - Categoria: Boca no Trombone
Ver Comentários

NASCE UMA MEGERA

A madrasta megera, digo, a megera malvada, digo, a madrasta querida está incumbida de levar a enteada-to-be à festinha de aniversária do primo. Preocupada em impressionar bem o pai da criança e quem-sabe-futuro-cônjuge, a megera ouve atentamente as instruções da mãe da pimpolha (a execrável ex, no caso).

Ela informa que o anjinho de quase dois anos completos está tentando abandonar as fraldas e que se, por acaso, ela pedir para ir ao banheiro, que façam a gentileza de remover os acolchoados absorventes em formato de calçãozinho e sentar a fofa no vaso sanitário. Também pede a gentileza de, se acaso notarem uma certa esperniação no mesmo lugar, um segurar de calcinha, um cruzar de perninhas insistentes, oferecer o banheiro.

Óquei, MMM (Madrasta Meiga Modelo) a par das instruções.

Já na festinha, MMM descobre a megerinha fofucha agachada perto de uma mesa com o olhar um tanto distante. A-há. Hora da MMM agir.

- Oi, mimosa... Quer ir ao banheiro fazer xixi?
- Agora não, tá? Tô fazendo cocô.


Algo diz à MMM que elas vão se dar suuuuuuuuuuuuuuuuuper bem.

por Ticcia, às 11:25 de 13.12.2004 - Categoria: Estórias da Carrocinha
Ver Comentários

A pergunta que não quer calar é: como não se apaixonar por esses dois?

Ro diz:
oi lindona

fal diz:
oi ro, aqui é o ale

Ro diz:
oi ale. tudo bem? cade a mulher?

fal diz:
tudo ro e vc? tá fazendo curativo na mãe

fal diz:
que a vida dela é aquela mãe

Ro diz:
a vida dela é tu. e os gatos. e o cachorro. e a mãe. e nós. ainda bem!

fal diz:
hahahahahah, é verdade. mas é lindo ver a bichinha com a mãe

Ro diz:
querida

fal diz:
vc é a menina "casada" com a ticcia? de porto alegre?

[clique aqui para ler o texto na íntegra]
por Ro, às 11:14 de 13.12.2004 - Categoria: Correspondência Secreta
Ver Comentários

O MELHOR BLOG DO MUNDO!

Pessoal, o Por Um Punhado de Pixels, do querido Nemo Nox, ganhou o prêmio Deutsche Welle International Weblog Awards 2004 de melhor blog do mundo eleito pelo público.



Merecidíssimo.

Parabéns, Nemo.

por Ticcia, às 10:25 de 13.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

11.12.2004

Você que ouve Radiohead, Velvet Underground e Emerson, Lake and Palmer, mas no fundo no fundo, ama o Peppino di Capri...

Você que adora Fois-Gras, Trufa Branca e Confit de Canard, mas no fundo no fundo, se lambuza comendo À La Minuta...

Você que veste Karl Lagerfeld, Stella McCartney e Giane Versace, mas no fundo no fundo não perde uma liquidação na Renner...

Você que suavemente degusta Veuve Clicquot Ponsardin, Romanèe-Conti e Jonnie Walker, mas no fundo, no fundo acha que bom mesmo é uma ceva estupidamente gelada...

Você que se emociona com Fellini, Malle e Altman, mas no fundo no fundo, chora em todos os filmes do Spielberg...

NÃO PERCA A NOSSA PRÓXIMA ATRAÇÃO... VEM AÍ...

O CLUBE DAS BAGACEIRAS


por Ro, às 21:32 de 11.12.2004 - Categoria: Barraco
Ver Comentários

Agora com trilha sonora...

por Ro, às 20:29 de 11.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

10.12.2004

Enquanto isso, na sala da Justiça...

Processo de Execução. Uma plainadeira penhorada. Leilão marcado. O Doutor pede para abdicar o bem...

*************

Audiência aprazada para a próxima semana. O autor tem cirurgia marcada. O Doutor pede para demarcar a audiência para o mês seguinte...

*************

A criança precisa freqüentar escola especial. Os pais não tem condições financeiras de custear os estudos neste tipo de estabelecimento. O Doutor pede que o Estado pague, afinal, a criança é subdotada...

************

Por essas e outras que eu adoro essa cidade...
por Ro, às 15:43 de 10.12.2004 - Categoria: Tolerância Zero
Ver Comentários

ALI JABAH - VOANDO ALTO

Eu tô besta. Quatro pneus arriados. Completamente apaixonada por esse moço. Linkei à primeira vista e estou vendo estrelinhas. Já olhei tudo que tem . É um colírio. Ele e o blog. Minha Nossa Senhora do Bofe Bem. Benzadeus.

por Ticcia, às 14:04 de 10.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

DIVAS NO DIVÃ




O Devasso


A dúvida de Cândida G.

Nossa leitora Cândida G. nos escreve atormentada por uma dúvida atroz. Segundo a querida, o namorado dela é um devasso, pervertido, fetichista. Segundo a pobrezinha, ele a tem obrigado a práticas sexuais não ortodoxas, a vestir roupas, acessórios e sapatos degradantes, a falar coisas inapropriadas e tem exigido dela um comportamento não condizente com sua formação cultural-religiosa. Também tem tratado a moça durante o enleio amoroso por nomes e qualificativos pejorativos, às vezes chega a usar de alguma violência (esclarece que nunca a ponto de deixar seqüelas). Tudo isso, várias e várias vezes, cada vez com mais freqüência e mais requinte. Pergunta o que deve fazer.


Simples, muito simples, meu anjinho. Pra ser sincera, nunca foi tão fácil solucionar um problema de leitora.

Se você não quer o bofe mesmo,
DÁ O MEU MAIL PR'ELE! DJÁ!


Precisando de conselho?
Mande um emelho
: divasnodiva@yahoo.com">color="#ff8822">divasnodiva@yahoo.com

por Ticcia, às 11:33 de 10.12.2004 - Categoria: Divas no Divã
Ver Comentários

FALTA SÓ UMA SEMANA!!



Aí povo!

Falta só uma semana para encerrar a votação do IBest para os TOP10!

Você já votou? Vai lá, não é difícil, insista!

Você colou o nosso selo no seu blog? No seu site? Na traseira do seu automóvel? Basta copiar e colar o código abaixo:



* Se você fez jabá para a candidatura do MM's, avise!

por Ticcia, às 10:23 de 10.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

ALI JABAH



O blog deles virou livro. Sim, sim, sim. Mais uma história de blogueiros que vão ficar milionários com literatura.

por Ticcia, às 10:18 de 10.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

DE VOLTA À NOSSA "POGRAMAÇÃO" NORMAL

Eu não gosto de carnaval. Por mim, isso de carnaval sempre teve passagem livre. Contudo, na última segunda-feira tive uma experiência mística que eu acho que pode mudar a minha vida: fiquei cara a cara com uma bateria de escola de samba.

Gente, o que é aquilo, hein? Impossível ficar indiferente. Me senti o Kevin Kline em Será que Ele é. Fui sendo tomada por uma força estranha, por um remelecho frenético de quadril, um formigamento nos pés, uma ginga desconhecida e, de repente, eu estava possuída pelo espírito ensandecido de uma passista!

Não destruí a minha SMMSFT (sandália mais maravilhosa sobre a face da terra) por detalhe.

Tô aceitando convites para desfilar na Sapucaí em 2005.

OLHA A TICCIA AÍ, GEEEEEEEEEEEEENTE!

por Ticcia, às 10:11 de 10.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

Ainda a CORRESPONDÊNCIA SECRETA

Eu, enquanto marida e blogmate da Rô, não ia me manifestar. Ela é grande o suficiente para saber o que fazer, o que dizer e como agir. Não precisa chamar a marida ou qualquer outra pessoa para lhe defender. Tanto não precisa, que já fez o que a seu juízo cabia ser feito.

No entanto, a criatura essa citou meu profano nome em vão. Assim, só gostaria de dizer o seguinte:

EU TENHO FAVELA DENTRO e me orgulho muito disso. Elegância verdadeira nasce de valores morais e de princípios, não de berço, conta bancária ou endereço nobre. Respeitar os outros, ser capaz de aprender com eles, ter amigos verdadeiros é elegante. Deselegante e patético é freqüentar a casa de quem a gente não gosta para ter (e ser) assunto, mesmo que o preço a ser pago seja posar com uma melancia amarrada no pescoço.

por Ticcia, às 09:57 de 10.12.2004 - Categoria: Correspondência Secreta
Ver Comentários

09.12.2004

Da Série CORRESPONDÊNCIA SECRETA

Fico feliz em poder ajudar você a minorar as suas frustrações, bem como seus problemas de auto-estima, cada vez que visitas minha casa e descarrega em palavras sua raiva.

*****************

De:
Enviado: quinta-feira, 9 de dezembro de 2004 18:45:32
Para: Ro
Assunto: Uma mensagem de um visitante anônimo

Uma mensagem enviada para você por um visitante anônimo
(Postado de um weblog Nucleus em http://www.megeras.com/)

Mensagem:

"Que tristeza aquele post da lista de natal. Reforcei minha impressão a seu respeito: fútil, afetada, arrogante. Alguém que sempre comeu arroz com feijão e quer que os outros pensem que é a dona da sofisticação. Patético ver alguém que quer ser vista como de bom gosto, escancarar seu despreparo. Lençol de cetim? Pouca coisa é mais brega. Sabe há quanto tempo pessoas de bom gosto deixaram de usar isso? É esse o refinamento que você conhece? Sandália dourada? Meia dúzia de marcas usadas por emergentes em busca de mídia? Isso é elegância? Convenhamos. Seja você, minha filha, não tente posar de fina se você não é. Nem escrever direito você sabe, erros de concordância, de ortografia. Quanto (a)tenta em inglês, então... Para usar uma expressão sua, tirar uma pessoa da favela é fácil, difícil é tirar a favela da pessoa. Nem que você fique milHonária adiantaria alguma coisa. Falta berço, não tem jeito. Deixa a elegância para a Ticcia e contente-se com o seu papel de bufão."

*******************

De: uniduni@te.com
Enviado: quinta-feira, 9 de dezembro de 2004 22:12:18
Para: Ro
Assunto: Uma mensagem de um visitante anônimo

Uma mensagem enviada para você por um visitante anônimo
(Postado de um weblog Nucleus em http://www.megeras.com/)

Mensagem:

"Problema de auto-estima? LOL. É psicóloga também? Aproveita e lê sobre projeção. Problema de auto-estima tem quem tem necessidade de dar publicidade a cada festinha que vai, a cada “bofe” por quem é comida (ou apenas beijada, que seja). Problema de auto-estima tem quem tem necessidade premente de vestir grife, passar o reveillon em Punta del Este (nem que tenha que ir de carro e sem reserva de hotel), ser fotografada cercada de homens (nem que sejam homossexuais) ou publicar os meus recadinhos para que os leitores venham lhe ajudar a se reafirmar. Francamente. Se enxergue (se puder)."
por Ro, às 19:04 de 09.12.2004 - Categoria: Correspondência Secreta
Ver Comentários

CLÁSSICOS IMORTAIS DO BREGA NACIONAL: e quem tiver uma capaz de bater essa que acuse...

Rasguei a certidão de casamento
Finquei o braço na mulher
foi um gritedo vesti uma fatiota elegante
Despachei duas amantes e me mandei pro chinaredo

Não há lugar melhor que o meretrício
No vício é que eu encontro meu papel
Me enfrasco e canto um tango pras gurias
Que eu sou filho de uma tia da empregada do Gardel

Desde guri eu nunca fui um bom sujeito
Pois a falta de respeito sempre foi minha vocação
Me lendo a mão uma cigana disse tudo
Ou capam esse cuiúdo ou emprenha toda nação

Dizem que bom eu só vou ser depois de morto
Porque pau que nasce torto não dá mais prá endireitar
Eu sou teimoso e por não concordar com isso
Me mandei pro meretrício e fico até desentortar

Amanhã minha mulher que é uma cruzeira
Vai reunir a família inteira prá tentar me redimir
Mas eu garanto que enquanto tiver dinheiro
Nem que chamem os bombeiros não me tiram mais daqui


Tango do Meretrício, Mauro Ferreira e Luiz Bastos, cantado por João de Almeida Neto.

por Ro, às 17:09 de 09.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

CÉUS!

Meu povo, a astróloga acaba de me informar que, segundo a minha próxima revolução solar, terei ascendente Gêmeos e lua em Gêmeos no ano que vem.

Uma Ticcia já incomoda muita gente, imaginem quatro.

por Ticcia, às 16:54 de 09.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

Enquanto isso, no Núcleo Milhonário da Novela...

Eles estavam fazendo compras na Daslu. Na verdade, ELA estava fazendo compras; ele só olhava. Na verdade, não olhava nem para as compras nem para ela; olhava para o além.

A vendedora chega com a calça que ela tinha pedido e o bofe, com a carinha mais inocente do mundo, interrompe e diz:

- Amor, tem que dar uma desbastada nas minhas unhas!

Silêncio. As duas mulheres se olham. A namorada diz:

- Cortar e lixar, benzinho.

por Ro, às 11:49 de 09.12.2004 - Categoria: Estórias da Carrocinha
Ver Comentários

TWANDA

'Ces têm que ver como ficou líndja a minha sala como todas as bocas de ar condicionados fechadas por saco plástico. A fita craft deu um toque todo especial.

Sim, eu desisti de pedir para manutenção tirar o termostato da posição nevasca e TWANDA, como diria a Cam.

Eles que vão congelar a grandissíssima puta madre que los parió.

por Ticcia, às 11:35 de 09.12.2004 - Categoria: Boca no Trombone
Ver Comentários

KEEP THE FAITH

Peçam com fé, meus nêgo, peçam com fé que deus atende.

por Ticcia, às 10:47 de 09.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

FÓRUM MM DE LITERATURA

Aí povo,

Vamos brincar de oficina literária?
Eu tava aqui conversando com a minha amiga Aline (aquela que eu salvei do fracasso capilar) sobre o texto aí do post abaixo (Laranja).

O texto é sobre o quê? Há história oculta (sub-história)? É uma história alegórica ou não? Ajudem aí. Não me desamparem.

por Ticcia, às 09:54 de 09.12.2004 - Categoria: Barraco
Ver Comentários

NOVO TEXTO


LARANJA

Não sei descascar laranja. Não sei, não adianta. Não sei e pronto. Não insista, por favor. É isso. Não consigo, não sei. É uma total inabilidade para tirar a casca dessa fruta cheirosa, suculenta, saborosa, convidativa. E eu recuso o convite. Sempre. Sempre se tiver que descascar. Não, obrigado. Para início de conversa... (MAIS AQUI)


por Ticcia, às 08:49 de 09.12.2004 - Categoria: Estórias da Carrocinha
Ver Comentários

08.12.2004

Como anda a sua memória?

Estou tentando montar um CD com o Melhor do Brega Nacional Anos 80: a década da breguice.

Veja bem, é o MELHOR DO BREGA, não o pior. Então Katia Cega, Beto Barbosa, Sara Jane, Yahoo... não entram.

Você que está de saco cheio da vida, que brigou com o chefe, com o namorado e com a vizinha, você que foi mordido pelo cachorro, que não tem o que fazer... dá uma mãozinha para esta aflita Megera com algumas sugestões, seguindo a linha aí de baixo.

Magazine - Eu Sou Boy e Tic-Tic Nervoso
Ed Motta & Conexão Japeri - Manuel
Léo Jaime - Bobagem, Fórmula do Amor e Sete Vampiras
Blitz - Você Não Soube Me Amar
Roupa Nova - Anjo, Clarear e Dona
Eduardo Dusek - Barrados no Baile e Doméstica
Replicantes - Surfista Calhorda
Ultraje a Rigor - Nós Vamos Invadir sua Praia
RPM - Alvorada Voraz
Fausto Fawcett e os Robos Efêmeros - Kátia Flávia
Kid Abelha & os Abóboras Selvagens - Como Eu Quero e Deixa Eu Ser Seu Espião
Garotos da Rua - Lá em Casa Continuam
Ritchie - Menina Veneno e Transas
Dominó - As Palavras, Ela Não Gosta de Mim e Manequim
Rádio Táxi - Eva, Garota Dourada e Dentro do Coração
TNT - Dr. Roberts
Polegar - Dá pra Mim
Kiko Zambianchi - Primeiros Erros
Dr Silvana & Cia - Serão Extra
O Espírito da Coisa - Ligeiramente Grávida
Absyntho - Meu Ursinho Blau-Blau
Herva Doce - Amante Profissional e Erva Venenosa
Metrô - Tudo Pode Mudar e Beat Acelerado
Rosana - Como uma Deusa
Angélica - Vou de Taxi
Mara Maravilha - Não Faz Mal
Xuxa - I-la-ri-ê
Inimigos do Rei - Adelaide
Sempre Livre - Eu Sou Free
Trem da Alegria - É de Chocolate
Baby Consuelo - Menino do Rio
Fabio Jr. - Quando Gira o Mundo
Daltro - Muito Estranho
Biafra - Seu Nome
por Ro, às 20:43 de 08.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

Una ciudad con magia lo está esperando...



1) Por que es tan confuso haber confirmación de estadía em los hoteles de Punta Del Este?

2) Solamente ahora entiendo El Finado, que en el año que cambio, en Carnavale, no reservio instalación.

3) Gay Harbour se encuentra a 720 km de distancia y usted ya hacer por vía terrestre, en auto propio.

4) Las diferentes rutas están en muy buenas condiciones. Uno de los trayectos principales y más interesantes es el de la ruta Interbalnearia.

5) Para llegar a su destino final, Dios garantira su seguridad.

por Ro, às 12:39 de 08.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

ALI JABAH

por Ticcia, às 10:25 de 08.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

MAIS NATAL

O que eu mais gostava dos Natais da minha infância eram a chegada dos cartões, que eram pendurados por mim no arranjo feito pela Vó Nininha (cada ano um diferente), embrulhar presentes na tarde do dia 23 e os preparativos culinários da véspera.

Eu achava uma delícia olhar aqueles cartões enfeitados, dourados, coloridos. Quando chegava em casa do colégio, tinha sempre uma pequena pilha deles me esperando. Eu abria os envelopes, entregava para minha vó ler, depois pendurava um por um. Ia escolhendo os mais bonitos e pendurando em lugares estratégicos. Depois do Natal, eu elegio o mais bonito de todos.

Na tarde do dia 23, minha vó espalhava aquele monte de presentinhos sobre a grande mesa da copa (ela tinha 7 irmãos, três cunhados, oito sobrinhos, quatro filhos, três noras, um genro, 12 netos, etc...) e a gente ia escolhendo entre os muitos canudos de papel, qual ia embrulhar o que, qual combinava com que fita. Conforme passavam os anos, eu progredia na hierarquia da linha de embalagem, de cortadora de durex a embrulhadora oficial.

Na véspera de Natal, o dia começava muito cedo na cozinha da casa antiga e pé direito imenso. O peru já estava temperado e ia para o forno, minha mãe era encarregada dos fios de ovos, havia que preparar a comilança para aquela gentarada toda (uns trinta e tantos) que faziam na casa da Vó Nininha a festa de Natal. Muito pequena, eu prometia ficar só no canto, longe do perigo do forno. Aos poucos fui sendo aproveitada para pequenas tarefas que não requeriam uso de faca, nem envolviam nada quente. A cozinha da véspera de Natal tinha um dos melhores cheiros da minha infância.

O Natal foi mudando e hoje está tudo diferente. Eu já divido a cozinha da véspera com a Vó Nininha e ela me pede opinião em tudo. Combinamos eu, ela e minha mãe o que será feito e boa parte sou eu mesma quem faz.

A fartura dos presentes foi substituído pelo indefectível e abominável amigo secreto, já que hoje ninguém mais consegue comprar quarenta "lembrancinhas". Mesmo assim, quem é incumbida de embrulhar sou eu, que fiquei viciada em fazer pacote de presente.

Mas dos cartões não sobrou nada, ou quase nada. Nesse mundo em que a gente esqueceu que existem cartas, cartão de Natal é espécie em extinção. Pelo menos eu achei que era, até receber pelo correio um cartão lindo, escritinho à mão (meus preferidos) de uma criatura que eu amo muito, muito, muito e que ironicamente foi esse mundo de pixels e bytes que trouxe.

Obrigada, querida, por me lembrar dessas coisas que a gente não pode esquecer para não deixar de ser parte do melhor que vivemos. Um beijo, minha linda.

por Ticcia, às 09:48 de 08.12.2004 - Categoria: Crônicas Cretinas
Ver Comentários

07.12.2004

Pedro e o lobo & Miss K.

Ele é fofo, inteligente, versátil e, diz a Dra. Cam, lindo. Ela é espirituosa, sexy, performática e vulneravelmente independente. Eles são de Brasília e lá, sabe-se, colocam drogas na água para produzir bons blogueiros, mas tudo bem...

por Ro, às 17:13 de 07.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

SMMSFT

A sandália mais maravilhosa sobre a face da terra vai desfilar hoje novamente. É a segunda vez em menos de quinze dias. Nada é caro ou barato em si mesmo. É uma questão de número de vezes que você vai usar (e arrasar) e o preço que você pagou. Repita comigo. Respire. Mais uma vez.

por Ticcia, às 16:42 de 07.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

Da Série CORRESPONDÊNCIA SECRETA

Recebo e-mail do bofe, cujo significativo título é "Você já fez baliza?". Perguntem se eu consegui estacionar?

"Instruções:
Se bater o carro perde pontos e quanto mais rápido estacionar perfeitamente maior o escore. Quando se estaciona o jogo pára automaticamente. Se não parar é pq não está bem estacionado.
Para começar, clique em "Play". Use as setas do teclado para mover o automóvel. As setas da esquerda e da direita movem os pneus dianteiros. A seta para baixo faz o carro andar de ré e a seta para cima faz o carro andar para frente.
Meninas, bom treino..."



Não sei o que é pior, se com a direção ou com as setinhas estúpidas.
Adoro homens com senso de humor!

por Ro, às 13:36 de 07.12.2004 - Categoria: Correspondência Secreta
Ver Comentários

PEDIDO DE NATAL

D. Angélica, a Megera-Mãe, sempre diz que desde muito pequena eu tive vocação para presentes de Natal impossíveis, improváveis ou muito difíceis.

Não que eu pedisse algo fora da realidade financeira da família, ou que não existisse, mas aquilo que eu pedia desaparecia das lojas, prateleiras, bazares, como num passe de mágica. Podia pedir com a antecedência que fosse, podia ser em outubro, que minha mãe passava três meses catando o dito presente que invariavelmente sumia e só reaparecia em janeiro. Não tinha Papai Noel que desse jeito.

O caso clássico foi a Susi noiva (sim, sim, eu sei, não façam interpretações psicanalíticas, por favor).

Ticcinha baby encasquetou que queria uma Susi noiva. Véu comprido, vestido de tule. E da onde que a Megera Mãe acha? Acha nada. Revirou Satolep inteirinha, catou por tudo, nada da boneca nubente. Pensou em comprar uma Susi-Qualquer-Coisa e mandar fazer vestido de noiva, mas é óbvio que a filha antenada-e-exigente-e-cricri de quatro anos iria perceber a falcatrua. Acabou comprando uma Susi Madrinha, chapéu de aba larga, muito chique, mas que não era noiva.

Dias depois, Ticcinha avistou a Susi noiva numa vitrine. Olha ali, mãe! Exatamente como ela queria: grinalda de flores azuis e rosa, o véu longo, o vestido rodado. Tarde demais. Ano que vem o Papai Noel traz.

Teve ainda o Natal da máquina de costura, da tábua de passar roupas, do Genius, da boneca negrinha.

Para esse Natal meu pedido se resume a algo bem simples. Quando à meia-noite meu vô e minha vó, meu pai e minha mãe, Paulinha e Marcos, Facelo e Cris, Simone e Marcelo se abraçarem dizendo Feliz Natal, eu te amo, eu queria que meus braços não doessem a dor oca do vazio daquele imenso minuto. Só isso.

Mas como diria D. Angélica, desde muito pequena eu tenho vocação para pedidos impossíveis, improváveis ou muito difíceis. E agora eu já tenho idade para saber que Papai Noel não existe.

por Ticcia, às 09:47 de 07.12.2004 - Categoria: Crônicas Cretinas
Ver Comentários

06.12.2004

LISTINHA DE PEDIDOS AO PAPAI NOEL

Luminária grande
ELE
Máquina fotográfica digital
Lençóis de cetim branco
Calça Diesel
Veuve Clicquot com morangos e ELE
Livro do Tércio Sampaio Ferraz Jr.
Pijama de flanela
Camisinhas
Tommy Jeans Girl e ELE
Vestido de bolas coloridas
Tela do Marco Leal
Batom Lancome n.º 26
Sandália dourada de saltos altíssimos e ELE
Estante de livros
Blusinha Giorgio Armani
DVD do Elvis
Camisola de seda negra e ELE
Patinho feio
O Beijo e ELE
Lindt Milk Gold Can
Almofadas coloridas
Biquini Rosa Chá
Saia Stella McCartney e ELE
Bijoux exóticas
Livro da Clarice Lispector
ELE, completamente nu
por Ro, às 17:14 de 06.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

DE JOELHOS NO MILHO

Você exagerou no final de semana. Na verdade, abrindo o seu coraçãozinho e fazendo um mea culpa como tem que ser, há que admitir que não foi só no final de semana, não, foi na semana toda.

Teve aniversário da marida, jantar delícia com a Solineuzza, vários abusos por conta da ansiedade. Agora vestindo preto e branco você se sente Orca, a baleia assassina. De rosa, a versão gaúcha de Ele, o boto. De azul, a simpática Moby do desenho animado.

Vendo a necessidade premente de providências, você trouxe só salada de almoço: cenoura ralada, broto de alfafa, alface, palmito. Não fosse pelo atum, sairia relinchando.

A sorte é que tem Flan Corpus Light de lanche.

A gente nunca sabe o quão baixo uma pessoa pode descer.

por Ticcia, às 15:15 de 06.12.2004 - Categoria: Dieta
Ver Comentários

Da Série LAÇOS DE FAMÍLIA


A Branca e a Preta, se acabando nas pistas...

por Ro, às 13:51 de 06.12.2004 - Categoria: Fatos e Fotas
Ver Comentários

DIVAS NO DIVÃ




Kê Ydiota


A dúvida de Insaninha

Nossa querida leitora Insaninha nos conta que seu namorado novo, ao abrir uma gaveta do armário do banheiro (dela), deparou-se com um tubo de KY gel já usado. Teria o moçoilo ido até a sala e perguntado, com a maior cara de pau do mundo (sem duplo sentido, please), o que significava aquilo. Nossa querida leitora quer saber o que deve fazer.


Minha querida Insaninha, você tem algumas opções, vejamos:

1) dizer para o menino que você obviamente era virgem quando o conheceu e que você usa KY por recomendação médica nas frieiras;

2) fazer uma cara de intrigada, ir até ele, pegar o tubo na mão, abrir, cheirar e finalmente concluir que você não tem idéia do que se trata, deve ser da faxineira;

3) perguntar o que ele estava fazendo revirando as gavetas do seu banheiro, acusá-lo de invasão de privacidade e botar o bofinho porta afora;

4) explicar que foi necessário facilitar as coisas quando a sua gata cruzou com o gato persa de 8 quilos do vizinho;

5) saltar sobre o rapaz com a cara mais devassa do mundo e dizer para ele que finalmente chegou a hora de ele ver o que aquilo significa.


Boa sorte.



Precisando de conselho?
Mande um emelho
: divasnodiva@yahoo.com">color="#ff8822">divasnodiva@yahoo.com
(divulguem, svp)

por Ticcia, às 09:36 de 06.12.2004 - Categoria: Divas no Divã
Ver Comentários

Da série Ali Jabah IBest 2005 - parte 5

Aí povo!

Fatam só 11 dias para o final da primeira fase do IBest 2005. A votação do público é de crucial importância para que o blog tenha chance de ficar entre os Top 10.

Você já votou? Vai lá, não é difícil, insista!

Você colou o nosso selo no seu blog? No seu site? Na traseira do seu automóvel? Basta copiar e colar o código abaixo:



Eu e Rô prometemos (cada vez mais no espírito campanha eleitoral) distribuir lindíssimas camisetas das Megeras Magérrimas aos nossos cabos eleitorais se a gente se classificar. Já pensou que bafo? Hohoho.


CLÁUDIA LETTI, a esplendorosa Afrodite, também aderiu à campanha MM's IBest.





* Se você fez jabá para a candidatura do MM's, avise!

por Ticcia, às 09:27 de 06.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

04.12.2004

Enquanto isso, no Núcleo Pobre da Novela...

Parte do núcleo pobre da novela atirou-se as compras para a Rave de logo mais. Evidentemente, a perspectiva é cair na jogação forte e, para dar início aos procedimentos de se talquear* e se montar**, o saldo foi:

Ivone - um sabonete em barra esfoliante/hidratante.

Solineuzza - um tubo de sabonete líquido com cheiro de bebê.

Valdir - uma caixa de OMO PROGRESS.

-----------------

*Se Talquear - ficar cheirosa, perfumada...
**Se Montar - ficar chique, elegante e sincera.
por Ro, às 22:39 de 04.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

03.12.2004

MAXIMICROS

AURÉLIO

Com ele aprendera os verdadeiros significados de Amor, Felicidade e Dor.

***************


IRONIA

Ela o mandou para o diabo que o carregue e ele pediu colo.

***************


FÉRIAS

Em vez do casaco na cadeira, chinelos sob a mesa.


por Ticcia, às 15:42 de 03.12.2004 - Categoria: Miudezas em geral
Ver Comentários

And yesterday... nowhere... well... do not disturb!
por Ro, às 11:50 de 03.12.2004 - Categoria: Boca no Trombone
Ver Comentários

COM MENINA DENTRO

Com o tempo, a gente vai perdendo o dom infantil de se encantar e vibrar de pura emoção.

Aquilo de não conseguir se conter, ter que esfregar as mãos, não parar no lugar (parece que tá com vontade de fazer xixi), suar e se remexer. Lembra?

Podia ser porque tava quase na hora de te levarem ao teatro, ou à praça, ou ao circo. Podia ser porque tu ias viajar bem cedo ou porque o Papai Noel ia chegar dali a algumas horas. Podia ser porque a brincadeira tava tão boa que poderia durar pra sempre, porque teu tio tá brincando de fazer cabana de lençol contigo, porque era a primeira vez que ias a um teatro de bonecos.

Não, não é mais tão comum ficar nesse estado de felicidade ricochete, mas às vezes ainda fico e nem precisa ser diante de um Tiramisu em Roma, ou nos corredores do D'Orsay. Fico assim durante uma discussão interessante na Oficina de Literatura, preparando uma surpresa para minha vó, ganhando um presente bobo, num dia bobo, que se não fosse por quem deu, não faria efeito algum.

Então eu dou de cara com a Patrícia menina me olhando sorrindo do espelho: dentuça, perna fina, torcendo os dedinhos molhados das mãos e sapateando de ansiosa no mesmo lugar.

Tão linda essa Patrícia, dá vontade de encher ela de beijo e pedir que ela nunca mais saia de mim.

por Ticcia, às 11:17 de 03.12.2004 - Categoria: Crônicas Cretinas
Ver Comentários

ALI JABAH

Tem texto novo na coluna PosT-Iccia do



por Ticcia, às 09:22 de 03.12.2004 - Categoria: Ali Jabah
Ver Comentários

Enquanto isso, em Gay Harbour...



por Ro, às 00:19 de 03.12.2004 - Categoria: Fatos e Fotas
Ver Comentários

02.12.2004

TICCIA E O ESTAGIÁRIO

Discussão relevante sobre o cor-de-rosa no guarda-roupa masculino pára o departamento. O estagiário se nega terminantemente a usar. Ticcia provoca:


- Tem que ser muito macho para usar camisa cor-de-rosa.

- Homem que é homem não usa cor-de-rosa. Usa, no máximo, salmão.
(Faz cara de machão)

Ticcia, implacável:

- Homem que é homem acha que salmão é peixe, queridinho!

- Huhauahauhauhauhauahuaha.
(Gargalhada geral)

- Tá vendo porque eu sou MEGERA?

por Ticcia, às 17:05 de 02.12.2004 - Categoria: Tolerância Zero
Ver Comentários

Da série RESPOSTAS INTELIGENTES PARA PERGUNTAS NEM TANTO

Um ano e meio depois de estarem saindo juntos, ela olha para ele e diz:

- E aí?

- Eu não decido nada sob pressão.
(Com cara de consternado)

- Huhauhauhauhauauha. (Rolando de rir)

- Por que tu estás rindo?! (Indignado)

- Porque, meu caro, tu tiveste UM ANO E MEIO pra decidir sem pressão nenhuma.

por Ticcia, às 14:51 de 02.12.2004 - Categoria: Tolerância Zero
Ver Comentários

Estacionando: Resgate Karmico - A Saga Continua...

Você vai tomar um chops com parte do núcleo pobre da novela. Você está sozinha dirigindo o seu carrinho. As imediações da Padre Chagas estão atrolhadas de carros. Não há vagas para estacionar com folga. Você terá que fazer baliza, obrigatoriamente. Você já bateu o carro sete vezes, todas em alvos parados. Você enxerga uma vaga mais ou menos grande. Dá sinal. O flanelinha começa a sacudir um pano imundo para que você estacione na vaga que você mesma encontrou. Você começa a colocar o carro na vaga, de frente.

- Hi, moça, não vai dar!
- Dá, sim.
- A senhora vai ter que tirar e botar de novo.
- Como é o teu nome?
- Edinelson.
- Edinelson. Muito Bem! Eu não vou tirar agora que está praticamente todo dentro.
- Ah, se a senhora é braço...
- Edinelson, tu consegues ajeitar sem tirar de dentro?


O flanelinha ri, mostrando os dentes que não existem, depois fica vermelho. Buzinas são ouvidas ao fundo.

- Pois é exatamente isso que nós vamos fazer: arrumá-lo dentro, sem tirar.

Ele vai para a lateral esquerda do carro e pára toda a fila de carrões para você adequar direito, dentro da vaga. Pra frente, pra trás, pra frente, pra trás. Alguns minutos depois, com o carro perfeitamente estacionado, você desce bem linda...

- Edinelson, até que horas tu ficas aqui?
- Até umas onze.
- Eu vou te procurar em... só dou se for pra ti.
- Tá.


Respondeu ele sorrindo e corando outra vez.
por Ro, às 14:50 de 02.12.2004 - Categoria: Estórias da Carrocinha
Ver Comentários

SOS


Quero uma família...

"Encontrei esse cachorrinho na rua, na verdade ele seguiu minha mãe até em casa e não conseguimos deixá-lo do lado de fora!!!!

Ele tava todo machucado.
Só que não podemos ter outro, até porque meu cachorro não curtiu muito a idéia de dividir a casa com outro e eles se estranharam.

Ele é muito fofo, querido, carinhoso...e acho até que ele foi perdido, porque sabe andar de carro (anda em cima do porta malas) e obedece tudo.

Levei ele no veterinário, tá tratado, banho tomado, anti-pulgas, remédio e tudo mais. Só precisa de um dono agora. Se souberem de alguém que possa se interessar e que vá cuidar dele mesmo, repassem por favor!!!

Fabi"



Fica comigo?



Povo, quem puder ajudar, mande um mail para mim que eu passo o mail da Fabi. Vamos acionar nossos contatos! O cãozinho fofo é de Porto Alegre.

Vam'lá!


por Ticcia, às 12:47 de 02.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

RECENTES AQUISIÇÕES

Fernanda Porto - Giramundo



Roberto Menescal e BossaCucaNova - Brasilidade



Adriana Maciel - Poeira Leve



Jane Monheit - Taking a Chance on Love


por Ticcia, às 11:53 de 02.12.2004 - Categoria: Dicas Divinas
Ver Comentários

ANIVERSÁRIO É SAGRADO

Ontem almocei com a marida.

Ela comportadísima, pediu um pratim pequenim e mal remexeu na comida. Eu, como era aniversário da marida, me atraquei num filé delicioso.

Depois, no café, Roberta mulherdedieta.com.br pediu um café pequeno. Eu, em comemoração, pedi um sundae.

À noite, jantar na creperia. A marida queria dividir um crepe. Eu e Solineuzza, mortinhas de fome e em espírito festivo, nos negamos a comer meio. Rô comeu um crepe inteiro, contrariada.

Óbvio que eu e minha best friend Solineuzza iríamos pedir uma explosão de delícia de sobremesa, e foi o que fizemos, in deed. Nos lambuzamos de crepe de chocolate com morango. A marida não queria doce de jeito nenhum. Precisou a Maria Cristina (coisa mais querida, amada, uma paixão de pessoa) insistir, chantagear, e por fim, OBRIGAR a marida a dividir com ela um crepe doce. O que a mocinha fez? Raspou a massa toda, comeu só o chocolate e os morangos (e nem comeu tudo). Um modelo de contenção calórica.

Pensam que eu tô me achando gorda? Que eu me arrependo das milllllllllllll calorias ingeridas no dia de ontem?!

NÃO!

Dia de aniversário é sagrado. Mesmo que seja dos outros, ora.



Recadim: Maria Cristina, tu és um amor, visse? Adorei.

por Ticcia, às 10:54 de 02.12.2004 - Categoria: Dieta
Ver Comentários

Sabe quando o seu METABOLISMO tá funcionando a mil?
Pois é...
por Ro, às 10:40 de 02.12.2004 - Categoria: Dieta
Ver Comentários

01.12.2004

A Aventura do Amor Bem-Sucedido

Em qualquer fase da vida adulta, buscamos relações nas quais possamos nos sentir felizes e aconchegados. E a sensação de aconchego nós temos quando estamos com aqueles que amamos: familiares, amigos e amantes. Neste texto, não vou falar, explicitamente, sobre as relações fortalecidas pelos laços de sangue. Vou me referir a relações de amor que são iniciadas e mantidas pelas nossas próprias escolhas, amores muito semelhantes: a amizade e o amor sensual.

O processo de encantamento amoroso segue padrões de escolha bem definidos e claros. A pessoa que nos desperta o encantamento é especial, da qual não podemos ficar afastados mais do que algumas horas. De criatura comum, ela se transforma em ser especial: no objeto do nosso amor.

Ocorre que a pessoa comum foi escolhida por nós para se tornar especial porque possui uma série de qualidades e defeitos que nos pareciam adequados naquele momento. As qualidades da pessoa nos atraem, porque provocam admiração, ao passo que os defeitos nos repelem, porque nos decepcionam. Logo, o amor deriva da admiração.
[clique aqui para ler o texto na íntegra]
por Ro, às 10:54 de 01.12.2004 - Categoria: Crônicas Cretinas
Ver Comentários

HAPPY BIRTHDAY




HAPPY BIRTHDAY TO YOU
HAPPY BIRTHDAY TO YOU
HAPPY BIRTHDAY DEAR
HAPPY BIRTHDAY TO YOU



Sim, sim, sim, senhoures e senhouras da platéia. ELA está de aniversário.


Ela é pequeninha, miúda, mas não se engane: é como o carro super-mini, compacta, mas com motor BMW.

Tem uma energia incrível que eu desconfio ser um desequilíbrio entre entropia e recepiente. É muita coisa numa mulé só, ´sacumé? Aí ela parece ligada em 220v, 78 rotações, 250 batimentos por minuto. Mas nem sempre é assim. Não, não, não, não. Juro. Sim, juro.

Quem conhece a D. Roberta, conhece meeeeeeeeeeeesmo (não só pensa que conhece, como tem muita gente por aí), descobre que ela sabe ser meiga, doce e que às vezes se permite ser pequena para ser pega no colo, acalentada, acarinhada.

Não é uma pessoa de trato facinho, que agrada todo mundo, uma unanimidade. Não nasceu para isso. Essa sagitariana vibrante e impetuosa nasceu para desafiar e ser desafiada, em todos os sentidos. Quem tiver cacife, que banque e pague para ver. Se for capaz disso, vai estar ao lado de um serzinho capaz de amar muito e de se deixar ser amado. Coisa raríssima hoje em dia.

FELIZ ANIVERSÁRIO, AMORECO!




por Ticcia, às 08:34 de 01.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

HAPPY BIRTHDAY




HAPPY BIRTHDAY TO YOU
HAPPY BIRTHDAY TO YOU
HAPPY BIRTHDAY DEAR JOELMA
HAPPY BIRTHDAY TO YOU

por Ro, às 07:11 de 01.12.2004 - Categoria: Geral
Ver Comentários

EU TE AMO

por Ro, às 00:08 de 01.12.2004 - Categoria: Fatos e Fotas
Ver Comentários